Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fitch considera positiva venda de barragens pela EDP

A empresa de notação financeira considera "positivo" para a avaliação da EDP o objetivo transmitido de usar a maior parte dos recursos da venda para reduzir dívida líquida e refere que a próxima revisão do 'rating' da EDP será feita à luz dos desenvolvimentos do início de 2020.

Lusa 27 de Dezembro de 2019 às 13:47
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A agência de 'rating' Fitch considera que a venda de barragens pela EDP representa progressos na redução do endividamento, o que é positivo para a sua avaliação de crédito.

"O acordo de venda de 1,7 GW [gigawatts] de ativos de geração hidroelétrica removeu substancialmente o risco de execução do seu ambicioso plano de venda de ativos e representa um progresso tangível na desalavancagem até 2022", refere a Fitch na análise hoje divulgada.

A empresa de notação financeira considera "positivo" para a avaliação da EDP o objetivo transmitido de usar a maior parte dos recursos da venda para reduzir dívida líquida e refere que a próxima revisão do 'rating' da EDP será feita à luz dos desenvolvimentos do início de 2020.

Para a Fitch, a venda dos ativos hidroelétricos pela EDP é um elemento-chave para atingir o rácio de 3,2 vezes a dívida líquida face ao EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização) no final de 2020 e de três vezes no final de 2022.

Em 19 de dezembro, a EDP anunciou ao mercado que vendeu seis barragens em Portugal a um consórcio de investidores, formado pelos franceses Engie, Crédit Agricole Assurances e Mirova, por 2,2 mil milhões de euros, um negócio que deverá estar concretizado no segundo semestre de 2020.
Ver comentários
Saber mais EDP Fitch energia
Mais lidas
Outras Notícias