Energia Sonangol nega estar de saída do capital no BCP

Sonangol nega estar de saída do capital no BCP

O jornal angolano Expansão noticiou que a Sonangol estava prestes a concretizar as intenções anunciadas pelo antigo presidente, Carlos Saturnino de alienar a posição em cinco bancos comerciais, entre eles, o português BCP. Fonte oficial da Sonangol desmente ao Negócios esta intenção.
Sonangol nega estar de saída do capital no BCP
Simon Dawson/Bloomberg
Celso Filipe 18 de julho de 2019 às 15:39

O jornal angolano Expansão noticiou que a angolana Sonangol, que é dona de quase um quinto do capital do Millenium BCP (19,5%), estaria a finalizar a estratégia para alienar a participação que detém neste banco, a par com outras quatro instituições. O jornal citava fontes da petrolífera nacional angolana.

Contudo, ao Negócios, fonte oficial da Sonangol desmente que esteja em curso qualquer processo de alienação da participação que a petrolífera detém no capital do banco liderado por Miguel Maya.

Além da posição no BCP, a Sonangol tem participações no capital de outros bancos com operação em Angola. São eles o BAI (8,5%), o BFA (13% de participação indireta por via da Unitel), a Caixa Angola (25%) e o Banco Económico (31,5%).

A intenção da Sonangol em retirar-se do capital dos cinco bancos comerciais já tinha sido admitida pelo então presidente da comissão executiva, Carlos Saturnino, em fevereiro do ano passado. Desde então houve algumas tomadas de posição, nomeadamente do presidente da República, João Lourenço, que garantiu que a Sonangol se iria manter no capital do banco português. 

(Notícia atualizada às 15:51 com posição da Sonangol, que nega intenção de vender participação)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI