Imobiliário Novo hotel de luxo no Cais do Sodré representa investimento de 50 milhões

Novo hotel de luxo no Cais do Sodré representa investimento de 50 milhões

O novo hotel de luxo que irá nascer no Cais do Sodré representa um investimento de 45 a 50 milhões de euros. O empreendimento está a cargo da gestora de investimento imobiliário alemã Patrizia, que comprou esta semana o imóvel.
Novo hotel de luxo no Cais do Sodré representa investimento de 50 milhões
Pedro Curvelo 10 de julho de 2019 às 13:13
O novo hotel de luxo que está planeado para o Cais do Sodré, em Lisboa, representa um investimento entre 45 e 50 milhões de euros, indicou ao Negócios uma fonte da JLL, representante do vendedor do imóvel.

O edifício situado no número 24 da Praça Duque da Terceira foi adquirido pela gestora de investimento imobiliário alemã Patrizia e deverá ser reconvertido num hotel "de quatro ou cinco estrelas", indicou esta semana, em comunicado, a Patrizia.

Ao Negócios, Gonçalo Santos, "head of development" da JLL Portugal, referiu que o imóvel foi vendido por "um conjunto de particulares em herança familiar". 

O responsável indicou que a JLL estima "entre 45 e 50 milhões o investimento total, entre aquisição, projetos e obra".

Contactada pelo Negócios, a gestora alemã não revelou os valores da aquisição nem do projeto e remodelação do espaço.

Segundo a Patrizia, após as obras de remodelação o edifício será um hotel de quatro ou cinco estrelas com mais de uma centena de quartos e uma área de 6.200 metros quadrados. O imóvel foi adquirido em nome de um fundo de pensões alemão. 

 

A gestora imobiliária adianta que se encontra em negociações com vários potenciais operadores hoteleiros para gerirem a nova unidade.

 

Com esta aquisição a Patrizia passa a ter ativos sob gestão na Península Ibérica no valor de quase mil milhões de euros.

 

"Esta aquisição de um dos poucos locais para desenvolver um hotel em locais históricos de Lisboa demonstra a nossa capacidade de conseguir ativos de grande qualidade em mercados muito competitivos", refere Augusto Zunzunegui, diretor de transações da Patrizia Iberia, citado no comunicado.

 

"À medida que a economia portuguesa continua a crescer, este projeto de alta qualidade situado perto da frente ribeirinha e numa zona vibrante e na moda de Lisboa está bem posicionado para tirar partido da forte procura de camas de hotelaria face à crescente atração de empresas internacionais, investidores e turistas por parte de Lisboa", acrescenta.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI