Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Porto supera Lisboa na procura imobiliária

A escassez de activos e o preço na capital estão a contribuir para uma maior procura de activos no Porto. O primeiro passo para uma tendência de descentralização, acredita a APEMIP.

Porto, Portugal
Negócios jng@negocios.pt 20 de Março de 2017 às 11:08
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O Porto afirmou-se, pela primeira vez, como o distrito com a maior fatia da procura imobiliária em Portugal.

O cenário para o mercado residencial foi traçado esta segunda-feira, 20 de Março, pela Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP).


A procura no Porto fixa-se este ano nos 39,6%, uma subida de 17,5 pontos percentuais face a 2014. Lisboa cai assim para o segundo lugar, com um peso de 23,1%. Já Faro ocupa a terceira posição, com uma evolução positiva para os 11,2%.


Segundo o presidente da APEMIP, Luís Lima, confirma-se uma previsão antiga. "O motivo central prende-se com a ausência de activos e com o aumento dos preços de mercado em Lisboa, que fizeram com que as intenções de compra se dirigissem para o distrito do Porto, que ainda tem uma oferta de 39,6%, uma diferença considerável para o distrito de Lisboa, em que a oferta é de 10,1%", explica.


Crente num cenário de descentralização do investimento, o representante das imobiliárias estima um crescimento na ordem dos 30% para o mercado português em 2017.

Ver comentários
Saber mais Luís Lima APEMIP Porto Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal Lisboa economia negócios e finanças imobiliário
Mais lidas
Outras Notícias