Indústria Governo publica contrato de investimento com a Bial

Governo publica contrato de investimento com a Bial

O contrato de investimento entre a farmacêutica Bial e o Governo foi publicado em Diário da República, num total de 37,4 milhões de euros para aplicar até 31 de Dezembro de 2019.
Governo publica contrato de investimento com a Bial
Paulo Duarte/Correio da Manhã
Alexandra Noronha 27 de fevereiro de 2017 às 10:44

O Governo publicou o contrato de investimento entre a AICEP e a farmacêutica Bial, ao abrigo "do Sistema de Incentivos à Investigação e Desenvolvimento Tecnológico", com o objectivo de realizar "estudos não-clínicos e clínicos, para a identificação do potencial terapêutico de novos compostos nas áreas dos sistemas nervoso central e cardiovascular", segundo o despacho publicado em Diário da República, esta segunda-feira 27 de Fevereiro.

 

"Os objectivos do projecto são a obtenção de informações sobre a actividade farmacológica e de segurança através de estudos in vitro e in vivo, e a confirmação da tolerabilidade, da segurança e da eficácia dos compostos em estudos clínicos", refere o mesmo documento. O projecto foi anunciado em Janeiro deste ano

 

Além disso, "o projecto contribui ainda para a melhoria da balança comercial e tecnológica de Portugal, não só através da venda directa dos novos medicamentos no mercado externo, como também, da possibilidade de licenciamento a empresas estrangeiras do know-how da Bial", segundo o despacho.

 

Em cima da mesa está um investimento de 37,4 milhões de euros, que contribui "novas oportunidades de emprego, através da criação, até 31 de Dezembro de 2019, de 11 postos de trabalho directos e permanentes, bem como a manutenção dos actuais 269 postos", segundo o despacho.


A Bial irá ainda, no âmbito do projecto, alocar "um número mínimo de 48 postos de trabalho directos e permanentes, dos quais cinco correspondentes à criação de novos postos de trabalho altamente qualificados, e, ainda, a afectação à actividade de Investigação e Desenvolvimento, até 31 de Dezembro de 2024, de pelo menos 110 postos de trabalho permanentes", detalha o documento.

 

Este empreendimento da Bial enquadra-se na categoria de "projecto de grande dimensão" porque cujo custo total elegível é igual ou superior a 10 milhões de euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI