Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros da Semapa aumentam para 42 milhões até março

A holding que controla a Navigator, a Secil e a ESTA justifica a subida do resultado líquido com o aumento do EBITDA em 47,2 milhões de euros e a melhoria dos resultados financeiros em 7,7 milhões.

Maria João Babo mbabo@negocios.pt 27 de Maio de 2022 às 19:13
  • Partilhar artigo
  • 5
  • ...

A Semapa registou nos primeiros três meses deste ano um resultado líquido de 42 milhões de euros, o que representa um aumento de 65,3% face aos 25,4 milhões de lucros registados no mesmo período de 2021.

No comunicado de divulgação das contas trimestrais, a holding que controla a Navigator, a Secil e a ESTA justifica a subida do resultado líquido com o aumento do EBITDA em 47,2 milhões de euros e a melhoria dos resultados financeiros em 7,7 milhões, ainda que negativamente tenha sido influenciado pela função fiscal em 26,7 milhões.

O volume de negócios consolidado do grupo no primeiro trimestre foi de 641,8 milhões de euros, mais 38,4% face a março do ano passado, quando somou 463,7 milhões.

Para estas vendas, o negócio da pasta e papel contribuiu com  492,2 milhões de euros, o do cimento com 137,1 milhões e a área do ambiente com 12,6 milhões. As exportações e vendas no exterior ascenderam a 459,8 milhões de euros, o que representa 71,6% do volume de negócios.

No comunicado, a Semapa salienta que "o crescimento dos preços da pasta, o aumento generalizado da energia, matérias-primas e logística, e ainda o desequilíbrio entre a oferta e a procura, tiveram como consequência um forte crescimento do índice de preços do papel na Europa no primeiro trimestre de 2022, o que impulsionou o crescimento do volume de negócios da Navigator. No segmento do cimento, o volume de negócios reflete essencialmente a evolução positiva em Portugal e no Brasil".

O EBITDA do grupo totalizou até março 154,7 milhões de euros, mais 44% do que no mesmo período de 2021, dos quais 121,6 milhões de euros foram gerados na Navigator, 29,1 milhões na Secil e 4 milhões na ETSA.

A margem EBITDA consolidada atingiu 24,1%, 0,9 pontos percentuais acima da registada em igual período de 2021.


O valor dos investimentos em ativos fixos realizado no primeiro trimestre foi de cerca de 36,5 milhões de euros, acima dos 24,3 milhões do período homólogo do ano oassado, destacando-se o segmento do cimento com 20,3 milhões de euros (dos quais 10,2 milhões relativos ao projeto Clean Cement Line na fábrica de cimento do Outão).

A dívida líquida remunerada consolidada do grupo era em março de 953 milhões de euros, inferior em 62,6 milhões de euros relativamente ao final de 2021.

Ver comentários
Saber mais Semapa papel cimento ambiente Navigator Secil ETSA indústria
Outras Notícias