Tecnologias Apple deve esperar até 2020 para apresentar iPhone com 5G

Apple deve esperar até 2020 para apresentar iPhone com 5G

A decisão da Apple de esperar até 2020 para apresentar um novo iPhone com acesso à rede 5G pode penalizar a empresa, afirmam os analistas. Rivais como a Samsung devem começar a disponibilizar telemóveis com esta tecnologia já no próximo ano.
Apple deve esperar até 2020 para apresentar iPhone com 5G
Reuters
Negócios com Bloomberg 03 de dezembro de 2018 às 13:35

A Apple planeia esperar até pelo menos 2020 para apresentar um iPhone que consiga aceder à rede 5G, de acordo com fontes próximas, citadas pela Bloomberg. Esta decisão vai beneficiar rivais como a Samsung que vão começar a oferecer telemóveis com acesso a esta tecnologia já no próximo ano.

 

A decisão da Apple, de esperar um ano até disponibilizar smartphones com acesso à nova tecnologia, pode estar relacionada com a disputa com a Qualcomm, a líder em chips com capacidade para 5G, e à aliança com a Intel, que não terá chips disponíveis para os telemóveis em 2019. Contactada pela Bloomberg, a Apple não respondeu até ao momento. 

 

De acordo com os cálculos anteriores da gigante tecnológica – que acabaram por estar correctos – as novas redes e as primeiras versões dos smartphones das rivais apresentam problemas, tais como cobertura irregular, o que é um factor dissuasor para os consumidores.

 

E a decisão de esperar um ano não é uma novidade para a fabricante, uma vez que fez o mesmo com as redes 3G e 4G. Porém, enquanto no passado o facto de a empresa esperar enquanto a concorrência lançava telemóveis compatíveis com a mais recente tecnologia não a penalizou, agora poderá não ser bem assim.

 

A passagem do 4G para o 5G é suficientemente relevante para ter um impacto significativo nas vendas de novos dispositivos. A Samsung planeia oferecer aparelhos com acesso 5G dentro da gama Galaxy no próximo ano. E, na China, a Oppo e a Huawei também já indicaram que devem apresentar ao mercado novos telemóveis com 5G.

 

"A Apple sempre ficou para trás na tecnologia para telemóveis", afirmou Mark Hung, analista da Gartner. "Não foi afectada no passado, mas o 5G será muito mais fácil para o mercado. Se esperarem até 2020, penso que serão impactados", alertou o analista.

 

A fabricante do iPhone também está sob maior pressão para manter a base de clientes. Isto depois de a Apple ter perdido um quinto do seu valor nos últimos dois meses devido a quedas acentuadas no sector tecnológico e notícias de que os seus fornecedores estão a cortar previsões, o que sinaliza que os novos modelos apresentados em Setembro não estão a vender tanto quanto antecipado.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI