Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apple preparada para atacar a liderança da Samsung. Será?

A fabricante da “maçã” lançou no mercado os novos iPhone, “os melhores que alguma vez fizemos”, garantiu Tim Cook, CEO da Apple, na Califórnia, durante a apresentação dos novos produtos.

Bloomberg
Ana Torres Pereira atp@negocios.pt 09 de Setembro de 2014 às 20:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A Apple não apresentou o iPhone 6, a Apple apresentou dois iPhone 6, com duas dimensões distintas.


Tim Cook, CEO da Apple, durante a apresentação enfatizou que "os novos iPhone são os melhores que alguma vez fizemos".

 

Os novos iPhone são mais potentes, contam com um ecrã com uma melhor definição, vêm com ecrãs maiores e com o novo sistema operarivo, o iOS8, como a indústria exigia.

 

Contudo, a Apple não tem conseguido reverter e aproximar-se da liderança da Samsung. A fabricante sul-coreana tem acelerado o passo, com equipamentos topo de gama, a preços mais competitivos. Mesmo nos EUA, onde a Apple é líder de mercado, a Samsung está a ganhar terreno.

 

No entanto, o futuro próximo poderá não ser fácil para ambas, uma vez que as fabricantes dos mercados emergentes têm conquistado terreno, com equipamentos mais baratos.

 

No segundo trimestre, quer a Apple quer a Samsung perderam quota de mercado, no segmento de smartphones. A fabricante norte-americana terminou com 11,9%, valor que compara com os 12,4% do homólogo, segundo a IDC: Já a Samsung ficou nos 25,2%, menos do que os 32,3% do homólogo.

 

Já fabricantes como a Huawei e Lenovo, que ainda têm quotas muito baixas (6,9% e 5,4% respectivamente), cresceram no segundo trimestre.

 

Para fazer face a esta realidade, a Apple apresentou preços completamente diferenciadores dos novos iPhone, principalmente quando comparado com os preços praticados nas suas versões anteriores.


Agora, a Apple liberta para as lojas iPhone topo de gama a partir de menos de 200 euros e reduz o preço dos iPhone 5C e 5S. Será que pelo preço, a fabricante liderada por Tim Cook conseguirá reverter esta tendência? A indústria tem dúvidas, mas o mercado de capitais ficou satisfeito e as acções subiram, logo após o anúncio da Apple.

 

Ver comentários
Saber mais Apple Tim Cook Samsung Huawei Lenovo iPhone 6
Outras Notícias