Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Facebook soma 100 milhões às multas por violações na privacidade

Depois de ter sido multado em 5 mil milhões pela Comissão Federal do Comércio dos EUA, o Facebook recebe agora uma penalização extra de 100 milhões por parte do regulador dos mercados norte-americano.

Bloomberg
Negócios jng@negocios.pt 24 de Julho de 2019 às 10:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Facebook terá concordado com o regulador dos mercados dos Estados Unidos, a Securities and Exchange Comission (SEC), em pagar 100 milhões de dólares como sanção por falhas na gestão da privacidade.

 

O Facebook é acusado pela SEC de, ao não informar os acionistas acerca de falhas na privacidade dos utilizadores, estar a tornar opaco um risco do qual estes deveriam estar informados.

 

A notícia é avançada pelo Wall Street Journal, a mesma publicação que já tinha revelado recentemente outra multa à gigante de Mark Zuckerberg. A Comissão Federal do Comércio dos EUA (FTC, na sigla em inglês) lançou sobre o Facebook a multa mais avultada de que há registo no setor tecnológico: 5 mil milhões de dólares (4,4 mil milhões de euros).

 

O CEO do Facebook já estava preparado para receber uma penalização desta ordem da parte da FTC. Em abril, na apresentação dos resultados trimestrais, estimou que a multase se situasse entre os 3 mil milhões e os 5 mil milhões de dólares.

 

A investigação foi desencadeada pela informação revelada em março de 2018 segundo a qual a consultora britânica Cambridge Analytica utilizou uma aplicação para recolher dados de 87 milhões de utilizadores do Facebook sem o seu conhecimento e com fins políticos.

 

A empresa serviu-se de dados do Facebook para elaborar perfis psicológicos de votantes, que veio alegadamente a vender à campanha do agora Presidente dos EUA, Donald Trump, durante as eleições de 2016, entre outros clientes. Partilhar dados com terceiros sem notificar os utilizadores constitui, como determinou a FTC, uma violação do acordo sobre privacidade que a rede social estabeleceu em 2011 com esta agência governamental.

O cerco tem vindo a apertar em torno das tecnológicas. O Departamento da Justiça (DoJ) dos EUA anunciou semana que vai investigar as 'Big Tech' do país para apurar se estão em causa práticas anticoncorrenciais. 

 

Ver comentários
Saber mais Securities and Exchange Comission Facebook FTC Estados Unidos SEC Mark Zuckerberg Cambridge Analytica
Mais lidas
Outras Notícias