Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros e crescimento de assinantes da Netflix desiludem

A plataforma digital reportou esta noite as contas do segundo trimestre, que dececionaram o mercado.

Reuters
Carla Pedro cpedro@negocios.pt 20 de Julho de 2021 às 22:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Netflix, que fornece um serviço de streaming de filmes e séries de televisão, e que chegou a Portugal em outubro de 2015, reportou os números do segundo trimestre fiscal, que ficaram aquém das estimativas nos lucros e em matéria de novos clientes. E o "guidance" para o trimestre em curso também desiludiu.

 

A empresa teve um lucro por ação de 2,97 dólares entre abril e junho, quando os analistas inquiridos pela Refinitiv esperam que ascendesse a 3,16 dólares por ação.

 

Também o número de novos assinantes desiludiu, com a empresa a anunciar mais 1,54 milhões de subscritores dos seus serviços contra uma estimativa de 1,75 milhões pelos analistas auscultados pela FactSet. A Netflix fecha assim o trimentre com um total acima de 209 milhões de clientes.

 

As receitas ficaram acima do projetado, mas muito ligeiramente. Atingiram 7,34 mil milhões de dólares, contra 7,32 mil milhões esperados pelo consenso de mercado.

 

Relativamente às estimativas para o trimestre em curso, a Netflix aponta para 3,5 milhões de novos assinantes, o que também dececionou o mercado – já que os investidores ouvidos pelo FactSet apontavam para 4,87 milhões.

 

A Netflix está a deparar-se com alguma pressão devido às comparações homólogas, uma vez que no ano passado, em plena pandemia, os consumidores passaram muito mais tempo online e com necessidade de entretenimento.

 

A empresa sediada em Los Gatos (Califórnia) caiu perto 3% no "after-hours" de Wall Street, assim que foram conhecidos os resultados, depois de ter encerrado a sessão do horário regular desta terça-feira a recuar 0,23% para 531,05 dólares.

Ver comentários
Saber mais Netflix
Outras Notícias