Tecnologias Reditus fecha semestre com lucros de 60 mil euros

Reditus fecha semestre com lucros de 60 mil euros

A Reditus encerrou o primeiro semestre com um lucro de 60 mil euros, ligeiramente abaixo dos 64 mil euros registados em igual período de 2017.
Reditus fecha semestre com lucros de 60 mil euros
Pedro Curvelo 31 de agosto de 2018 às 21:31
A Reditus encerrou o primeiro semestre com um lucro de 60 mil euros, menos 6,4% do que os 64 mil euros registados em igual período de 2017, informou esta sexta-feira a empresa liderada por Francisco Santana Ramos (na foto) em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Os proveitos operacionais encolheram 15,8%, cifrando-se em 17,6 milhões de euros, enquanto o resultado operacional bruto (EBITDA) aumentou 4%, para os 2,6 milhões de euros.

A margem EBITDA situou-se em 14,9%, uma melhoria face aos 12,2% observados no final do primeiro semestre de 2017.

A empresa tecnológica assinala que "verificou-se uma contracção dos valores de proveitos em relação ao período homólogo, devido a um mercado bastante agressivo e concorrencial, e a estratégia da Reditus de não prejudicar as suas margens e criação de valor".

A Reditus assinala ainda que os proveitos operacionais internacionais sofreram uma quebra de 18,4%. O mercado internacional pesava 38% no total das receitas da empresa no final do primeiro semestre, ligeiramente abaixo dos 40% que representava em Junho de 2017.

Para o segundo semestre, a Reditus "tem a expectativa de um crescimento positivo com a antecipação do início de vários projectos no mercado internacional" e refere que "continuará activamente à procura de oportunidades em projetos de Nearshore".

No final de Junho a Reditus contava com 785 trabalhadores, menos 242 do que um ano antes. Os gastos com pessoal também diminuíram, passando de 10,19 milhões de euros para 9,61 milhões.

Recentemente, os accionistas da Reditus aprovaram a redução do capital social da empresa tecnológica em cerca de 58,6 milhões de euros, por forma a ultrapassar a situação patrimonial deficitária da empresa, em que o capital próprio da empresa é já inferior a metade do capital social. 

Entre os principais accionistas da Reditus contam-se Miguel Pais do Amaral, com 24,74% do capital, o BCP, com 16,51%, e a família Moreira Rato, com 10,12%. A empresa tem 35,33% do capital em "free float".





Saber mais e Alertas
pub