Tecnologias Venda de robôs subiu para recorde de 16,5 mil milhões em 2018

Venda de robôs subiu para recorde de 16,5 mil milhões em 2018

Espera-se que as encomendas de robôs cresçam 39% até 2022, depois de no ano passado as vendas terem atingido um novo recorde de 16,5 mil milhões de euros.
Venda de robôs subiu para recorde de 16,5 mil milhões em 2018
Negócios com Bloomberg 18 de setembro de 2019 às 16:13

O investimento em robôs tem disparado nos últimos anos. Só a China, país onde se encontra um terço da produção mundial, investiu 5,4 mil milhões de euros, no ano passado, para o seu desenvolvimento, segundo um estudo da World Robotics, divulgado pela Bloomberg.

"Vemos que a dinâmica de 2018 foi muito positiva com um novo recorde nas vendas, mesmo que os principais clientes – a indústria da automação e eletrónica – tenha tido um ano difícil", disse Junji Tsuda, presidente da federação internacional de robótica, à agência de notícias.

Mais de 420 mil robôs foram instalados no ano passado e espera-se que o número suba para 584 mil até 2022. Em 2013, esse número foi de 178 mil.

Em termos de números de robôs por empregados humanos, Singapura e a Coreia do Sul lideram de forma quase isolada em produção autónoma.

Estes números das vendas referentes a 2018 de 16,5 mil milhões não incluem vendas de software.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI