Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Hoteleiros defendem obras urgentes na Portela para evitar “situações caóticas”

Associação de Hotelaria de Portugal apela a que o primeiro ministro e o presidente do PSD cheguem rapidamente a um consenso para a localização do novo aeroporto. Mas enquanto decorre esse processo, o presidente da AHP defende que devem ser feitas obras na Portela para aumentar a capacidade da infraestrutura.

Bernardo Trindade
Ana Petronilho anapetronilho@negocios.pt 22 de Setembro de 2022 às 16:10
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

Os hoteleiros apelam ao primeiro-ministro e ao presidente do PSD que cheguem rapidamente a um consenso para "uma solução realista e definitiva" para o novo aeroporto "que sirva Lisboa e o país".


Mas no entretanto, o presidente da Associação de Hotelaria de Portugal (AHP), Bernardo Trindade, frisa que é preciso evitar as "situações caóticas" no aeroporto de Lisboa, "que comprovaram o seu esgotamento a vários níveis".

Para que não se repita o cenário de 2022, o representante dos hoteleiros e ex-secretário de Estado do Turismo, frisa que "a única alternativa é avançar já com as obras" na Portela, "conferindo mais estacionamentos, mais qualidade para prestadores e clientes do aeroporto". Bernardo Trindade avisa que "é urgente, imprescindível" que se possa "arrancar já com estes melhoramentos" na Portela porque "o país não pode perder mais tempo."


Uma solução que tem vindo a ser defendida pela AHP tendo em conta que mesmo com consenso político para a localização da nova infraestrutura – que os hoteleiros esperam que seja conhecida em 2023 – "se tudo correr dentro dos tempos normais, só teremos um novo aeroporto em 2033".


Em comunicado, Bernardo Trindade sublinha ainda que "como já nos cansámos de ver, sem consenso entre as principais forças políticas, qualquer que seja a decisão tomada só por um é posta em causa logo no momento seguinte. Ora, é fundamental que haja uma decisão definitiva e a sua execução. Lamentavelmente o tempo político e o tempo da economia não estão alinhados".

António Costa e Luis Montenegro vão reunir esta sexta-feira para discutir a solução para o novo aeroporto, sendo que as obras no imediato no Humberto Delgado são uma das cinco medidas sugeridas ao Governo pelo PSD, na carta enviada esta quarta-feira ao primeiro ministro pelos sociais democratas.  

Ver comentários
Saber mais aeroporto AHP Bernardo Trindade hoteleiros
Outras Notícias