Transportes Governo espanhol vai investir quase mais 17 mil milhões no Corredor Atlântico

Governo espanhol vai investir quase mais 17 mil milhões no Corredor Atlântico

O Governo espanhol junta quase 17 mil milhões ao bolo de investimento destinado até à data ao Corredor Transatântico, o projeto de infraestruturas de transporte que atravessa as fronteiras espanhola, portuguesa, francesa e alemã.
Negócios 20 de fevereiro de 2019 às 16:36

O projeto de infraestruturas para melhorar o transporte de mercadorias entre Portugal, Espanha, França e mais recentemente Alemanha, conhecido por Corredor Atlântico, vai receber um investimento adicional de quase 17 milhões da parte do Governo espanhol, avança o Expansión.

Os 16.872 milhões a investir, anunciados esta quarta-feira pelo ministro de Desenvolvimento espanhol, José Luis Ábalos, dividem–se em 2.997 milhões, destinados a renovações, e 13.475 milhões a serem despendidos em novas construções. No total, Espanha terá destinado, até à data, 41.047 milhões a este projeto transfronteiriço.

Para o ministro, este é um "assunto de Estado" e as quantias que lhe são destinadas refletem a "enorme magnitude de um projeto a longo prazo".

O Corredor Atlântico é constituído por troços da infraestrutura ferroviária existente e planeada que incluem as cidades portuguesas de Sines, Setúbal, Lisboa, Aveiro e Leixões, transpondo as fronteiras entre Vilar Formoso e Fuentes de Oñoro e entre Elvas e Badajoz. Em Espanha, o projeto passa por Algeciras, Madrid, Bilbao e Saragoça, continuando para as francesas Bordéus, La Rochelle, Nantes, Paris, Le Havre, Metz e Estrasburgo. Alemanha juntou-se aos restantes países no projeto em 2016, com a ligação entre França e a alemã Mannheim.

(Corrige título: onde se lia 17 milhões deve ler-se 17 mil milhões)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI