Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Abrir conta no sofá

O processo é fácil e rápido. A dificuldade está em encontrar uma conta sem custos: restam apenas duas opções gratuitas no mercado.

Deco Proteste 16 de Junho de 2020 às 11:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Para responderem à concorrência dos bancos mobile, como o Revolut ou o N26, muitas instituições bancárias desenvolveram formas de abertura de contas totalmente à distância.

Uma solução particularmente útil no momento atual, em que cada saída à rua deve ser bem ponderada. O processo é rápido e simples, ainda que possa diferir ligeiramente entre instituições. Além de um computador com ligação à internet, vai precisar de se munir de todos os documentos habitualmente exigidos para abrir uma conta à ordem: documento de identificação, número de contribuinte e comprovativos de atividade profissional e de morada.

Antes de avançar, é importante que compare a oferta entre bancos: afinal, estará a subscrever um produto que, nalguns casos, pode ter um custo anual na ordem das centenas de euros.

Um último reduto de contas à ordem sem comissões subsiste, mas com dois resistentes apenas. Veja mais à frente quais as opções a custo zero.

Passo a passo

Uma vez escolhido o banco, deve aceder ao site da instituição e procurar no menu a opção "Abrir conta". Preenchidos os dados pessoais, leia atentamente a ficha de informação normalizada (FIN) e as condições gerais, e, se concordar, confirme que as aceita.

Para atestar a veracidade dos documentos de identificação e dos comprovativos de profissão e de morada, é agendada uma videoconferência com um assistente do banco. Se os documentos oferecerem dúvidas ou a transmissão não tiver qualidade suficiente para que os elementos sejam percetíveis (más condições de imagem ou de som, por exemplo), será considerada sem efeito e terá de fazer nova videoconferência.

Para finalizar o processo, e se for o caso, deve transferir o montante solicitado para abertura de conta, usando o seu novo IBAN. Receberá então os códigos de acesso à conta, para usar no homebankig ou na app.
Então, que banco escolher?

Seja porque precisa de uma nova conta para uma finalidade específica ou porque quer mudar para um produto mais barato, e ficou encorajado a fazê-lo já, deve ponderar seriamente optar por uma das Escolhas Acertadas. O motivo é simples: não vai pagar nada por elas.

O estudo que fizemos em março mostra que ainda é possível ter uma conta à ordem, com cartão de débito e de crédito e com a possibilidade de realizar transferências na internet, sem qualquer custo. A má notícia é que a lista está reduzida, este ano, a apenas dois bancos: ActivoBank e BNI Europa. Ao passar a cobrar anuidade pelo cartão de débito, o Banco CTT recebeu ordem de expulsão das Escolhas Acertadas.


15
Minutos
Tempo que leva a abrir uma conta à distância, na maioria dos casos.

90
Euros
Custo médio anual de uma conta à ordem sem ordenado domiciliado.

0
Euros
Quanto paga, ao fim de um ano, com as Escolhas Acertadas.


Para chegarmos a este veredicto, traçámos dois cenários: uma conta sem ordenado domiciliado, com saldo médio inferior a 1000 euros, e outra com a domiciliação de um vencimento de 750 euros, ambas com cartão de débito e de crédito e três transferências online por mês incluídas.

No primeiro caso, as Escolhas Acertadas permitem poupar, pelo menos, 90 euros por ano, custo médio de uma conta com os requisitos avaliados no nosso estudo. Já no cenário de um produto com o ordenado domiciliado, a poupança chega quase aos 80 euros.

Escolhas Acertadas: abrir conta

Se decidir abrir conta no Activo Bank, não vai demorar mais do que 15 minutos, assegura o banco, e pode fazê-lo a qualquer hora. Vai precisar de ter os documentos necessários à mão e, no final, terá de efetuar uma videochamada, para verificação da sua identidade.

Atenção, que, se subscrever uma conta sem ordenado domiciliado, terá de depositar 500 euros no ato da abertura.

No BNI Europa, a abertura de conta pode ser feita de segunda-feira a sábado, das 14 às 22 horas, em apenas 15 minutos.

O procedimento é idêntico ao anterior, terminando com uma videoconferência, fundamental para a validação da identidade do cliente.

Independentemente do banco, sem a videoconferência, o processo só é concluído se enviar toda a documentação por correio, anulando, em parte, as vantagens da abertura de conta à distância, neste momento específico.


 A seleção da deco proteste 

Escolha acertada >> Se decidir abrir conta à ordem, opte pelas Escolhas Acertadas, as únicas opções gratuitas do mercado, de acordo com o estudo que fizemos em março. A fim de conhecermos as melhores soluções para os consumidores, definimos dois cenários (com e sem ordenado domiciliado), em que considerámos os seguintes encargos: comissões de manutenção, anuidades do cartão de débito e de crédito, e três transferências interbancárias por mês através do homebanking.

| Sem ordenado domiciliado
Poupe 90€ ano

Considerámos uma conta à ordem com saldo médio inferior a 1000 euros

ActivoBank e BNI Europa

Neste cenário, as Escolhas Acertadas sofreram uma alteração face ao nosso último estudo: ActivoBank e BNI Europa mantêm-se como soluções completamente gratuitas, mas o Banco CTT deixou de figurar na lista, por ter passado a cobrar 15,60 euros pelo cartão de débito.

Custo anual € 0


| Com ordenado domiciliado
Poupe79€ ano

Para apurarmos os custos neste cenário, tivemos em conta um vencimento de 750 euros

ActivoBank e BNI Europa

ActivoBank e BNI Europa continuam a ser as únicas opções sem custos, também neste cenário. Repetem a boa prestação do ano anterior, ao contrário do Banco CTT e do Banco BiG. Apesar de o segundo continuar a oferecer uma solução sem custos, os 2 mil euros exigidos para a abertura de conta excluem-no do leque de Escolhas Acertadas.

Custo anual € 0


Resultados completos em www.deco.proteste.pt/contas-ordem


Ver comentários
Saber mais deco proteste
Mais lidas
Outras Notícias