Bolsa Benfica sobe quase 2% após ter oficializado venda de João Félix

Benfica sobe quase 2% após ter oficializado venda de João Félix

As ações do clube lisboeta estão a reagir à venda de João Félix por 120 milhões de euros ao Atlético de Madrid.
Negócios 04 de julho de 2019 às 08:45
As ações do Benfica estão a subir 1,94% para os 3,15 euros esta quinta-feira, 4 de julho, reagindo assim à confirmação da transferência de João Félix para o Atlético de Madrid por 126 milhões de euros comunicada ontem aos mercados.

A cotada sobe assim pela segunda sessão consecutiva, continuando a negociar em máximos de 2010. Ao todo, o Benfica acumula uma valorização anual de 86,39%, a segunda maior da bolsa nacional (apenas superada ligeiramente pela Impresa). 

Ontem a SAD encarnada oficializou a transferência do avançado para o clube espanhol por 127,2 milhões de euros - a maior transação do futebol nacional e a quarta maior do mundo -, sendo que para já o Benfica "garante o recebimento" de 120 milhões de euros, aos quais tem de abater 12 milhões de euros pagos em comissões aos empresários e agentes desportivos envolvidos na transferência.

O Benfica garante assim um encaixe líquido de 108 milhões de euros, depois de descontados os 12 milhões de euros em comissões, 6 milhões de euros de aos custos financeiros para antecipar o recebimento do Atlético de Madrid ("factoring"), mais os 1,2 milhões de euros que serão pagos ao Futebol Clube do Porto.

Em comunicado enviado ontem à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a SAD detalha que o clube espanhol "pagará a pronto um valor de trinta milhões de euros" e a sociedade anónima desportiva do clube da Luz "efetuará uma operação de desconto sem recurso dos restantes 96 milhões de euros, sendo os custos financeiros associados a esta operação de seis milhões de euros", ou seja, através de um contrato de "factoring".

A capitalização bolsista do Benfica está nos 72,5 milhões de euros, valor que se situa bem abaixo do montante que vai encaixar com a venda de Félix.

O valor da transferência de João Félix corresponde a quase um terço do passivo da SAD, que era de 367,6 milhões de euros a 31 de dezembro do ano passado e quase iguala os 123 milhões de euros arrecadados pela SAD em 2017/18 com a venda de jogadores, numa época em que saíram da Luz Ederson, Nelson Semedo e Lindelöf.

As maiores transferências do futebol mundial:
GONZALO FUENTES ALBERT GEA Sebastiao Moreira José Reis ALBERT GEA PETER POWELL ANDREW BOYERS SERGIO PEREZ ALBERTO LINGRIA SERGIO PEREZ



pub

Marketing Automation certified by E-GOI