Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA "mornas" no arranque da semana com todos os olhos postos na Fed

As bolsas norte-americanas arrancaram a semana pouco alteradas com o mercado a aguardar pela reunião da Reserva Federal esta quarta-feira.

Reuters
Rita Faria afaria@negocios.pt 17 de Junho de 2019 às 14:44
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Os principais índices norte-americanos abriram pouco alterados esta segunda-feira, 17 de junho, depois de duas semanas consecutivas de ganhos, com os investidores já focados na reunião da Reserva Federal dos Estados Unidos que se realiza esta semana.

O índice industrial Dow Jones desce 0,07% para 26.089,61 pontos enquanto o tecnológico Nasdaq sobe 0,22% para 7.814,14 pontos. Já o S&P500 valoriza ligeiros 0,02% para 2.887,44 pontos.

O S&P500 já sobe quase 5% em junho, impulsionado pelas expectativas de que o banco central vai reverter a normalização da política monetária com um corte dos juros, de forma a minimizar o impacto do abrandamento global e da guerra comercial entre os Estados Unidos e a China.

Ainda que não se antecipe que esse anúncio chegue já na reunião desta semana, os analistas esperam ver que um número crescente de membros da Fed está aberto a uma descida nos próximos meses.

"O foco está na mensagem da Fed na reunião desta semana", refere Scott Brown, economista-chefe da Raymond James, na Flórida, citado pela Reuters. "Jerome Powell tem de ser muito cuidadoso em relação ao que vai dizer, e a forma como vai enquadrá-lo, porque não é desejável que o mercado entre em pânico" caso a Fed sinalize que não tomará essa decisão em breve, acrescenta o responsável.

Na reunião desta semana, que termina na quarta-feira, o banco central deverá manter os juros inalterados, mas as palavras de Jerome Powell, após o anúncio das decisões, serão acompanhadas com muita atenção pelo mercado. O comunicado será revelado às 19 horas de Lisboa, e a conferência de Powell realiza-se logo de seguida.

No horizonte dos investidores está ainda a reunião do G-20 que se realiza no final deste mês em Osaka, no Japão, e que tem gerado expectativas de progressos na resolução da guerra comercial sino-americana. Contudo, o Secretário do Comércio Wilbur Ross já garantiu que o encontro não deverá resultar num acordo, e que o G-20 não é o fórum adequado para se realizarem progressos a esse nível.

Em destaque na sessão de hoje está Array Biopharma, a disparar 57,08% para 46,48 dólares, depois de ter sido noticiado que a Pfizer vai comprar a empresa por 10,64 mil milhões de dólares.

A Western Digital Corp desce 1,54% para 35,77 dólares e a Seagate Technology cai 1,76% para 43,51 dólares, depois de a Susquehanna ter cortado o preço-alvo para as ações das duas empresas.
Ver comentários
Saber mais bolsas Estados Unidos Fed Reserva Federal
Mais lidas
Outras Notícias