Bolsa Jerónimo Martins e BCP dão ganhos ao PSI-20

Jerónimo Martins e BCP dão ganhos ao PSI-20

A bolsa nacional acompanha o otimismo das principais praças europeias, que estão a ser animadas pela expectativa de um acordo comercial entre os Estados Unidos e a China nos próximos dias.
A carregar o vídeo ...
Rita Faria 25 de fevereiro de 2019 às 08:23

A bolsa nacional está a negociar em alta esta segunda-feira, 25 de fevereiro, depois de duas sessões consecutivas de perdas, com o PSI-20 a valorizar 0,3% para 5.168,38 pontos. Das 18 empresas que formam o principal índice nacional, nove estão a subir, sete a descer e duas inalteradas.

Na Europa, os principais índices também estão a negociar com sinal positivo, animados pela expectativa de que os Estados Unidos e a China podem alcançar um acordo nos próximos dias que ponha fim à guerra comercial entre os dois países. Isto depois de o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, ter anunciado, no Twitter, que vai adiar o aumento das tarifas sobre os bens importados da China, e ter dito que espera reunir-se com o presidente chinês Xi Jinping em Mar-a-Lago para fechar um acordo.

"Congratulo-me em dizer que os EUA realizaram progressos substanciais nas conversações comerciais com a China", escreveu Donald Trump. "Em resultado destas conversações bastante produtivas, adiarei o aumento das tarifas aduaneiras sobre as importações chinesas que está definido para 1 de março. Partindo do princípio de que ambos os lados realizarão mais progressos, eu e o presidente Xi planearemos uma cimeira, em Mar-a-Lago, para concluir um acordo. Foi um fim de semana muito bom para os Estados Unidos e a China!".

Na bolsa nacional, a Jerónimo Martins e o BCP são as cotadas que mais animam o PSI-20. A retalhista ganha 1,78% para 13,17 euros, enquanto o banco liderado por Miguel Maya soma 0,87% para 23,29 cêntimos.  

A contribuir para a subida do PSI-20 estão ainda a Galp Energia, a Navigator e a Semapa. A petrolífera portuguesa soma 0,58% para 14,76 euros, a Navigator valoriza 0,78% para 4,42 euros e a Semapa sobe 0,26% para 15,48 euros. 

Do lado das quedas destaque para a EDP Renováveis, que desliza 1,16% para 8,12 euros.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI