Bolsa Jerónimo Martins e Sonae garantem segundo dia de ganhos ao PSI-20

Jerónimo Martins e Sonae garantem segundo dia de ganhos ao PSI-20

A bolsa nacional encerrou em alta pela segunda sessão, com a maioria das cotadas em alta. Na Europa, a tendência não está definida.
A carregar o vídeo ...
Rita Faria 12 de julho de 2019 às 16:45

A bolsa nacional encerrou em alta esta sexta-feira, 12 de julho, pela segunda sessão consecutiva, com o PSI-20 a valorizar 0,68% para 5.221,17 pontos. 16 cotadas subiram e duas desceram, nesta sessão em que foi sobretudo o retalho a garantir o desempenho positivo do índice português.

Na Europa, os principais índices estão divididos entre ganhos e perdas pouco acentuadas, numa altura em que o otimismo em torno de uma descida dos juros nos Estados Unidos continua a ser temperado pelos receios em torno do impacto da guerra comercial sino-americana.

Nessa frente, os últimos sinais não têm sido animadores: foi revelado que as exportações chinesas caíram em junho, enquanto as importações diminuíram mais do que o esperado.

"Os dados sobre as exportações foram realmente fracos, e são um sinal de que a guerra comercial já começou a penalizar as exportações chinesas e de que as empresas estão a começar a redirecionar as suas cadeias de fornecimento", afirmou à Reuters Stefan Koopman, economista do Rabobank na Holanda. "Os mercados europeus estão à espera de mais pistas sobre aquilo que está a acontecer entre os Estados Unidos e a China na frente comercial".

O índice de referência para a Europa, o Stoxx600, sobe ligeiros 0,01% para 386,72 pontos, depois de cinco sessões consecutivas de quedas.

Por cá, a Jerónimo Martins e a Sonae foram as empresas que mais animaram o PSI-20. A empresa liderada por Pedro Soares dos Santos subiu 1,56% para 14,66 euros, enquanto a Sonae valorizou 2,52% para 87,45 cêntimos.

A contribuir para os ganhos do PSI-20 estiveram ainda outros pesos pesados da bolsa nacional, como o BCP, o grupo EDP e a Galp Energia. O BCP somou 0,28%, a EDP subiu 0,36% para 3,382 euros e a EDP Renováveis ganhou 0,55% para 9,10 euros. Já a Galp avançou 0,58% para 13,95 euros.

No mesmo sentido, a Altri ganhou 1,44% para 5,975 euros e os CTT valorizaram 1,9% para 2,038 euros.

Em queda encerraram apenas a Sonae Capital e a Nos, com descidas de 1,08% para 73,2 cêntimos e 0,09% para 5,75 euros, respetivamente.

Fora do PSI-20, destaque para a Inapa, que somou 1,77% para 0,0576 euros, um dia depois de ter anunciado que fechou a compra da empresa alemã Papyrus Deutschland, um negócio que foi anunciado em outubro do ano passado e cujo valor não é conhecido.




Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI