Bolsa PSI-20 cai pelo segundo dia mas fecha semestre a valorizar 2,6%

PSI-20 cai pelo segundo dia mas fecha semestre a valorizar 2,6%

A bolsa lisboeta negociou em terreno negativo pelo segundo dia consecutivo pressionado pela queda da Jerónimo Martins que renovou mínimos de Fevereiro de 2016. PSI-20 fecha primeiro semestre de 2018 com valorização de 2,6%.
A carregar o vídeo ...
David Santiago 29 de junho de 2018 às 16:43
O PSI-20 fechou a sessão desta sexta-feira, 29 de Junho, a perder 0,47% para 5.528,50 pontos, com 10 cotadas em queda, sete em alta e uma inalterada. Apesar da queda hoje registada, a praça lisboeta fecha o mês de Junho com uma subida de 1,09% e encerra as sessões bolsistas do primeiro semestre com uma valorização acumulada desde o início de 2018 de 2,6%. 

O principal índice nacional contrariou a tendência de ganhos que predominou na generalidade das bolsas europeias que fecharam a última sessão desta semana em alta apoiadas pelo maior optimismo dos investidores decorrente do acordo alcançado no Conselho Europeu quanto à política migratória da União Europeia. 

Em Lisboa foi o sector do retalho que mais pressionou com a Jerónimo Martins a perder 3,06% para 12,37 euros, cotação que representa um novo mínimo de Fevereiro de 2016. Esta foi a maior queda diária da retalhista desde 6 de Abril. Ainda no retalho, a Sonae recuou 2,28% para 1,03 euros. 

Também a penalizar o PSI-20 esteve a Altri que depois de ontem ter estabelecido um novo máximo de sempre hoje terminou o dia a resvalar 1,48% para 8,65 euros. Ainda do lado das quedas, destaque pela negativa para a EDP que deslizou 1,16% para 3,40 euros. 

Continuando no sector energético verifica-se que predominou o optimismo já que a EDP Renováveis avançou 0,96% para 8,93 euros, a REN cresceu 0,17% para 2,40 euros e a Galp Energia somou 0,80% para 16,335 euros. 

A impedir uma maior quebra da bolsa nacional esteve também o BCP que apreciou 0,90% para 0,2574 euros. 

Nota ainda para a Sonae Capital que ganhou 1,12% para 0,906 euros depois de ontem ter comunicado a venda de uma parcela do empreendimento de Tróia a uma empresa francesa por 20 milhões de euros

Por fim e fora do PSI-20, a Teixeira Duarte valorizou 2,45% para 0,251 euros no dia seguinte a ter revelado a concretização da venda da sociedade Lagoas Park a uma subsidiária do fundo europeu de "private equity" Kildare por um valor de 375 milhões de euros.

(Notícia actualizada às 16:51)



pub

Marketing Automation certified by E-GOI