Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

PSI-20 no verde com Jerónimo Martins e BCP a impulsionar

A bolsa nacional abriu no verde, em sintonia com as pares europeias, com o impulso dos pesos pesados Jerónimo Martins e BCP.

A carregar o vídeo ...
Ana Batalha Oliveira anabatalha@negocios.pt 07 de Maio de 2020 às 08:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • 21
  • ...

A bolsa nacional abriu em alta, com o principal índice, o PSI-20, a valorizar 0,05% para os 4.187 pontos, alinhando desta forma com a tendência da restante Europa.

A animar os investidores estão os dados revelados esta quinta-feira acerca das exportações chinesas, que aumentaram 8,2% (em yuans) em abril, quando se esperava uma quebra de 14,1%. Uma subida que os economistas dizem ser temporária, não se devendo manter esta tendência nos próximos meses. Ainda a suportar o sentimento têm estado os resultados de empresas como as retalhistas online e as farmacêuticas, embora bancos, fabricantes automóveis e seguradoras tenham vindo a anunciar um cenário mais negativo. 

Por cá, os pesos pesados Jerónimo Martins e BCP puxam pela bolsa nacional. A retalhista soma 0,78% para os 15,53 euros e o banco liderado por Miguel Maya avança 0,42% para os 9,59 cêntimos. A dona do Pingo Doce informou que investiu 1.200 milhões de euros na instalação de um sistema solar fotovoltaico no seu centro de Distribuição Norte, em Valongo, que evitará anualmente 530 toneladas de emissões de dióxido de carbono.

Em destaque no verde está também a EDP Renováveis, que valoriza 1,09% para os 11,12 euros no dia em que apresentou os resultados. Os lucros da EDP Renováveis subiram 3% para os 104,1 milhões de euros no primeiro trimestre de 2020, tendo sido travados por uma menor capacidade e pelos recursos eólicos, de acordo com o divulgado pela empresa através de um comunicado publicado na página da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

EDP Renováveis poderá estar ainda a reagir ao anúncio de que, através da sua subsidiária EDP Renewables North America, assegurou um contrato de compra de energia a 15 anos com a Redwood Coast Energy Authority para vender a energia produzida pelo projeto solar fotovoltaico MW Sandrini Sol I de 100 MW. O projeto, localizado no estado da Califórnia (EUA), deverá começar operações em 2022, informou ontem, já depois do fecho da bolsa, a empresa liderada por João Manso Neto.

Esta quinta-feira será ainda dia de a EDP apresentar contas aos investidores. Para já, a cotada recua 0,21% para os 3,892 euros. As estimativas do CaixaBank BPI Equity Research apontam para um EBITDA de 947 milhões de euros (+3% face ao primeiro trimestre de 2019) e um aumento de 25% em termos anuais no resultado líquido que atingirá os 126 milhões de euros. 

Também no vermelho fica a REN, que desce 0,82% para os 2,42 euros, no dia em que irá apresentar resultados. O CaixaBank BPI Equity Research espera uma queda de 63% nos lucros face ao mesmo trimestre do ano anterior, pelo que deverão situar-se nos 5 milhões de euros. 

Ver comentários
Saber mais PSI-20 bolsa mercados Euronext cotadas empresas índice nacional Lisboa Europa
Outras Notícias