Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Grupo EDP em máximos históricos já vale mais de metade do PSI-20

As boas prestações das empresas do grupo EDP levaram o índice nacional de volta aos níveis máximos atingidos em março deste ano. Agora, as duas empresas valem mais de 50% de todo o índice.

Mal chegou à liderança interina da EDP, Stilwell de Andrade anunciou a compra da Viesgo e agora garante o aumento de capital da elétrica.
Inês Lourenço
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 17 de Dezembro de 2020 às 16:41
  • Assine já 1€/1 mês
  • 21
  • ...
A EDP e a EDP Renováveis renovaram máximos históricos na sessão desta quinta-feira, com o valor de mercado de ambas a superar os 36,5 mil milhões de euros, o que representa 56% das 17 cotadas representadas no índice PSI-20. 

A EDP ganhou 1,05% para os 4,896 euros por ação, no dia em que concluiu o negócio anunciado há um ano por António Mexia, com a venda de seis barragens no Douro por 2,2 mil milhões de euros ao consórcio liderado pela francesa Engie. A empresa agora liderada por Miguel Stilwell d'Andrade vale 19,7 mil milhões de euros.

Já a EDP Renováveis valorizou 2,88% para os 20,35 euros, e passou a valer mais do que a Galp e a Jerónimo Martins juntas, com o seu valor de mercado  a subir para os 17,5 mil milhões de euros. É a segunda cotada mais valiosa do PSI-20 (só atrás da EDP), surgindo já bem à frente da Jerónimo Martins e da Galp Energia, duas cotadas que no passado já estiveram no trono das empresas mais valiosas do PSI-20.

Agora, ambas as empresas têm uma avaliação de mercado de 36,9 mil milhões de euros, mais de metade dos 65,8 mil milhões de euros das 17 empresas listadas no índice de referência.

Hoje, a bolsa nacional regressou aos máximos de março ao valorizar
 0,61% para os 4.825,53 pontos, à boleia do grupo EDP.

No resto da bolsa nacional destaque também para o Banco Comercial Português, que valorizou 1,12% para os 12,64 cêntimos por ação. Em contraste, a petrolífera Galp encolheu 0,32% para os 8,780 euros por ação.
Ver comentários
Saber mais EDP economia negócios e finanças
Outras Notícias