Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ações da Altri caem mais de 4% apesar de resultados acima do esperado

O BPI diz que a recuperação dos preços da pasta está a demorar mais tempo do que o esperado, o que impede as ações da Altri de registarem um desempenho superior.

Até março a pandemia teve um impacto de 250 mil euros na Altri.
Paulo Duarte
Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 11 de Setembro de 2020 às 12:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

As ações da Altri estão em queda na bolsa apesar de os resultados que a companhia anunciou ontem após o fecho da sessão terem sido bem recebidos pelos analistas do CaixaBank/BPI.

 

As ações caem 4,55% para 4,194 euros e no início da sessão chegaram a descer mais de 5%. Nas últimas duas sessões já tinham fechado no vermelho, pondo fim a uma série de sete sessões em alta.

 

A Altri registou no primeiro semestre deste ano um resultado líquido de 9,2 milhões de euros, o que significa uma quebra de 86,4% face aos 67,9 milhões de euros do período homólogo de 2019 que a empresa justificou com a quebra dos preços da pasta nos mercados internacionais de cerca de 27%.

 

Numa nota de research publicada em reação aos números, o CaixaBank/BPI diz que os resultados saíram acima do esperado ao nível do EBITDA, com as divisões de pasta e biomassa a conseguirem um desempenho superior ao previsto.

 

O EBITDA da Altri desceu 56% no segundo trimestre mas ficou 4% acima do esperado pelos analistas.

 

Os analistas salientam que a tão aguardada recuperação nos preços da pasta está a demorar mais tempo do que o esperado, o que impede as ações da Altri de registarem um desempenho superior.

 

O CaixaBank/BPI mantém uma visão positiva sobre a avaliação da Altri, mas realça que a visibilidade de curto prazo continua a ser impactada pela incerteza sobre os efeitos da pandemia da covid-19.

 

O banco tem uma recomendação de comprar para as ações, com um preço-alvo de 7,30 euros. A Altri acumula uma queda de 26% em 2020, apresentando uma capitalização bolsista de 860,3 milhões de euros.

A Altri tem uma estrutura acionista idêntica à Cofina, empresa que controla o Jornal de Negócios. 

Ver comentários
Saber mais Altri CaixaBank/BPI
Outras Notícias