Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Euro desvaloriza para mínimo de 11 anos abaixo de 1,15 dólares

Ainda penalizada pela decisão surpresa do banco central da Suíça, a moeda europeia quebrou esta sexta-feira outra importante barreira e já está em níveis de Novembro de 2003.

Nuno Carregueiro nc@negocios.pt 16 de Janeiro de 2015 às 17:04
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

O euro atingiu esta sexta-feira um novo mínimo de 11 anos, ainda penalizado pela decisão do Swiss National Bank (SNB) de deixar cair a ligação do franco suíço à moeda europeia, bem como pela perspectiva cada vez mais forte de que o Banco Central Europeu vai avançar na quinta-feira com o programa de compra de dívida pública.

 

Esta expectativa saiu reforçada depois desta sexta-feira o Eurostat ter confirmado que a inflação na Zona Euro atingiu em Dezembro o valor mais baixo desde Setembro de 2009 sempre, ao recuar para valores negativos (-0,2%).

 

Esta expectativa de que Mario Draghi, devido ao perigo da Zona Euro entrar em deflação, vai avançar para um programa de "quantitative easing" (compra de títulos de dívida soberana) tem pressionado fortemente o euro neste arranque de ano.

 

A moeda europeia está nesta a altura a ceder 0,95% para 1,1522 dólares, tendo ao longo da sessão já tocado nos 1,146 dólares, o valor mais reduzido desde Novembro de 2003.

 

O BCE está a estudar as experiências de outros bancos centrais com o programa de alívio quantitativo (QE, na sigla inglesa) – nomeadamente da Reserva Federal dos Estados Unidos e do Banco de Inglaterra – para decidir o volume de títulos que poderá comprar, como parte do seu próprio programa, avança Coeure, membro da comissão executiva do BCE.

 

A queda do euro acelerou na quinta-feira depois do SNB ter efectuado um anúncio surpresa, de que decidiu abandonar o limite mínimo para a moeda do país, que estava fixado em 1,20 francos suíços por euro. Em resultado, o franco suíço disparou e chegou a ser necessário menos de um franco suíço para comprar uma moeda europeia.

 

"Uma das reacções da decisão do SNB foi de que eles sabem que o BCE vai embarcar num programa de expansão monetária" através de compra de dívida pública, disse à Bloomberg um analista do Royal Bank of Scotland, acrescentando que os fundamentais do euro apontam para novas quedas na cotação da moeda.

 

Hoje o franco está a descer mais de 1%, para 98,84 francos por euro. Está a recuar mais de 2% face à moeda norte-americana, para 0,8608 francos suíços por dólar. De acordo com a Bloomberg, o franco está hoje a recuar contra todas as 174 divisas mundiais, depois de ontem ter valorizado contra todas elas.

Ver comentários
Saber mais Swiss National Bank SNB Banco Central Europeu Eurostat Zona Euro Mario Draghi BCE euro
Outras Notícias