Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

5 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta terça-feira, as ações da Jerónimo Martins e da Nos deixam de conferir direito ao dividendo que começará a ser pago a partir de 6 de maio.

Negócios jng@negocios.pt 04 de Maio de 2021 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Jerónimo Martins e Nos descontam dividendo

A época de dividendos da bolsa nacional está em curso, com a Jerónimo Martins e a Nos a descontarem hoje a remuneração aos acionistas que será paga a partir de dia 6. Como os lucros de 2020 da dona do Pingo Doce caíram 20% para 312 milhões de euros, a retalhista baixou a remuneração em 17%, para 0,288 euros por ação, num total de 181 milhões de euros. A esta remuneração corresponde uma rendibilidade de 2%, que é das mais baixas entre as empresas do PSI-20. Já a Nos paga um dividendo ordinário ilíquido de 27,8 cêntimos. Para este ano, a operadora liderada por Miguel Almeida manteve o valor do dividendo intacto, apesar da queda de 35,9% nos lucros de 2020. A estratégia permite à empresa de telecomunicações manter-se no topo dos dividendos mais rentáveis da bolsa nacional, com um "dividend yield" acima de 9%.

Aumento de capital da Mota-Engil decorre de 10 a 25 de maio

A Mota-Engil realiza um aumento de capital reservado a acionistas existentes no montante de até 150 milhões de euros. A operação, indicou a construtora ontem ao final do dia, decorre de 10 a 25 de maio. A eficácia da Oferta encontra-se condicionada à subscrição de um número mínimo de 67.025.900 novas ações pela Mota Gestão e Participações (MGP) e pela China Communications Construction Co. (CCCC).

GreenVolt inicia internacionalização com potencial novo acionista

A Altri e a sua subsidiária para as energias renováveis GreenVolt celebraram ontem com a V-R Europe um Memorando de Entendimento, com natureza não vinculativa, que materializará a internacionalização da empresa liderada por Manso Neto. O acordo passa pela aquisição de um pipeline de 2.800 MW de capacidade de energia renovável na Europa, como contrapartida da sua entrada como acionista no IPO da empresa.

Reino Unido recebe diplomacia do G7

O encontro do G7 dos ministros dos Negócios Estrangeiros e Desenvolvimento realiza-se em Londres. O anfitrião, o chefe da diplomacia britânica, Dominic Raab, convidou para a reunião a Austrália, Índia, Coreia do Sul e África do Sul, antes da ASEAN. Decorre durante dois dias e de forma presencial.

Novos indicadores económicos e mais contas

Na Europa, teremos hoje a publicação dos índices dos gestores de compras (PMI) da IHS Markit para a atividade industrial, relativos a abril, na Grécia, Irlanda e Reino Unido. Nos EUA teremos os dados da balança comercial de março, bem como as encomendas à indústria no mesmo mês. No domínio das contas trimestrais, destaque para a apresentação dos resultados da Pfizer e da CVS Health.

Ver comentários
Outras Notícias