Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Confiança dos investidores alemães dispara antes do referendo

O índice ZEW que mede a confiança dos investidores e analistas alemães aumentou inesperadamente este mês, antes do referendo que vai decidir se o Reino Unido fica ou sai da União Europeia.

Rita Faria afaria@negocios.pt 21 de Junho de 2016 às 12:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A confiança dos investidores alemães escalou, inesperadamente, no mês de Junho, antes do referendo sobre a permanência do Reino Unido na União Europeia, que tem agitado os mercados financeiros ao sabor das sondagens.

O índice ZEW, que mede as expectativas de investidores e analistas - tentando prever desenvolvimentos económicos com seis meses de antecipação – subiu de 6,4 pontos, em Maio, para 19,2 pontos, em Junho, o nível mais elevado desde Agosto do ano passado.

O valor superou as estimativas dos economistas consultados pela Bloomberg, que antecipavam uma queda para os 4,8 pontos.

O debate sobre se o Reino Unido – o terceiro maior destino das exportações alemãs – vai permanecer ou abandonar a União Europeia tem influenciado fortemente o comportamento dos mercados financeiros nas últimas semanas.

Depois da morte da deputada Jo Cox, as sondagens divulgadas no arranque da semana apontaram para um recuo do Brexit, o que levou as bolsas europeias a disparar, tal como o euro e a libra britânica.

Já esta terça-feira, as sondagens voltaram a relançar dúvidas. Uma da YouGov para o Times, divulgada ao final do dia de ontem, dá vantagem ao "Leave" com 44% das intenções de voto, contra os 42% do "Remain". Já a sondagem da ORB para o Daily Telegraph aponta para a vitória da permanência no Reino Unido, com 53%, face aos 46% do Brexit.

Ver comentários
Saber mais Reino Unido União Europeia Jo Cox política confiança índice ZEW Alemanha
Mais lidas
Outras Notícias