Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Declarações de Draghi levam acções asiáticas a prolongar ganhos

As praças da região da Ásia e Pacífico estão em alta pela segunda sessão consecutiva animadas pelas declarações feitas pelo presidente do BCE. Draghi prometeu fazer tudo para salvar o euro.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 27 de Julho de 2012 às 08:01
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O índice de referência MSCI Ásia – Pacífico ascende 1,5% para 115,57 pontos, com cerca de seis títulos a valorizarem por cada um que perde território. O índice avança pela segunda sessão consecutiva e recupera parte das perdas de 12% que acumula desde que negociou no máximo em que tocou este ano, a 29 de Fevereiro.

A pressionar as acções mundiais têm estado os receios relativos à crise orçamental europeia e também o receio de que haja um abrandamento da China. Ontem, o presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, garantiu estar a fazer tudo o que é necessário para assegurar a sobrevivência do euro. A afirmação impulsionou o valor da moeda única face às divisas estrangeiras e levou a uma queda das taxa de juro da dívida pública.

“Existe o receio de que as coisas estejam a ficar fora de controlo e por isso Mario Draghi veio fazer uma declaração muito forte de apoio ao mercado de que estão a fazer tudo o que é necessário para apoiar o euro”, disse analista de mercado IG Markets, Cameron Peacock, à Bloomberg. “Estamos à espera de um bom final de semana”, acrescentou.

Em Tóquio, o Nikkei 225 avança 1,27% para 8.550,12 pontos e o Topix valoriza 1,38% para 724,74 pontos.

Já o índice australiano S&P/ASX 200 valorizou 2,2% e o da Nova Zelândia, NZX 50, ganhou 0,5%.

A impulsionar o índice de referência para a região esteve o banco HSBC Holdings, que está presente na Europa e progrediu 2,3% para 63,95 dólares e Hong Kong (6,75 euros). A LG Display, avançou 7,1% depois de o banco de investimento Hyundai Securities ter revisto em alta o preço alvo para a cotada. A fabricante de matreial electrónico obtém 19% das suas vendas no Velho Continente.
Ver comentários
Saber mais Ásia bolsa acções mercados Topix Nikkei 225
Outras Notícias