Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O plano de Espanha para o setor automóvel e outras 4 coisas que precisa de saber para começar o dia

Esta segunda-feira há nova fase de desconfinamento em Portugal. Os mercados vão reagir aos dados divulgados pela China, enquanto o setor automóvel poderá aplaudir o plano de Espanha para a indústria.

Rita Faria afaria@negocios.pt 15 de Junho de 2020 às 07:30
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Nova fase de desconfinamento

Portugal avança esta segunda-feira com uma nova fase de desconfinamento. Depois de ter sido adiada a abertura dos centros comerciais na região de Lisboa, estes espaços voltam a abrir portas, ainda que com limitações. Os centros de ocupação de tempos livres (ATL) também voltam a funcionar.

Também por cá, toma posse a nova equipa do ministério das Finanças, na sequência da demissão do ministro Mário Centeno.

João Leão e toda a sua equipa tomam posse hoje e terão de fazer defesa do Orçamento retificativo no Parlamento durante a semana.

 

 

Espanha anuncia estímulos ao setor automóvel

O governo espanhol vai anunciar um plano de estímulos ao setor automóvel de 3,75 mil milhões de euros ao setor automóvel, que será o segundo maior deste tipo na Europa.

Segundo adiantou o primeiro-ministro Pedro Sánchez este domingo, o plano tem como objetivo "promover a estabilidade e o impulso no setor da automação", e inclui medidas para preparar a indústria com investimentos e reformas legais, com estímulos à investigação e inovação, com um enquadramento fiscal que lhe garanta maior competitividade e com formação e qualificação profissional.

Além do plano de estímulos à indústria automóvel, o governo espanhol anunciará na quinta-feira um programa de apoios ao setor do turismo.

 

Mercados reagem aos dados da China

Os mercados vão reagir aos dados revelados pela China sobre a taxa de desemprego, vendas a retalho, produção industrial e preços das casas novas, que dão uma imagem mais clara de que como está a segunda maior economia do mundo a recuperar do impacto da pandemia.

A produção industrial da China registou, em maio, um crescimento homólogo de 4,4%, um sinal da recuperação da economia chinesa, depois da forte queda no primeiro trimestre. Contudo a cifra ficou abaixo das previsões dos analistas, que apontavam para um crescimento de cerca de 5%. Já as vendas a retalho registaram uma queda homóloga de 2,8%, em maio, depois de terem caído 7,5%, em abril, e 15,8%, em março.

Além destes números, serão também conhecidos os dados da balança comercial da Zona Euro, em abril.

 

Responsáveis da Fed debatem recuperação da economia

Responsáveis da Fed participam hoje em debates sobre a recuperação da economia, depois do impacto da covid-19, podendo deixar pistas sobre o caminho que será seguido pelo banco central dos Estados Unidos.

 

O presidente da Fed de Dallas, Robert Kaplan, participará numa discussão online organizada pela Money Marketeers, da Universidade de Nova Iorque, enquanto Mary Daly, presidente da Fed de São Francisco discutirá o papel da inclusividade na recuperação sustentável da economia num evento virtual realizado pelo National Press Club.

 

 

Bolsa de Chicago volta a abrir portas

A Chicago Board Options Exchange (CBOE),maior bolsa de opções dos Estados Unidos, volta a abrir portas esta segunda-feira, depois de ter funcionado apenas de forma eletrónica desde o dia 16 de março.

 

As medidas de seguranças incluem distanciamento social, máscaras e controlos médicos à entrada.

 

 

Ver comentários
Saber mais 5 coisas
Mais lidas
Outras Notícias