Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sotheby's vai aceitar bitcoin e ether em leilão de obra de Banksy

A empresa que organiza leilões anunciou uma parceria com a Coinbase para aceitar pagamentos em criptomoeda no próximo leilão físico do artista Bansky.

A plataforma de negociação de criptomoedas Coinbase vai estrear-se no Nasdaq esta quarta-feira.
Dado Ruvic/Reuters
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 04 de Maio de 2021 às 20:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
A Sotheby’s, umas das maiores empresas de leilões do mundo, disse nesta terça-feira que vai aceitar bitcoin e ether como forma de pagamento pela obra de Banksy "Love is in the Air", sendo esta a primeira vez que serão permitidas criptomoedas num leilão de arte física.

A licitação para a obra está estimada entre 3 milhões de dólares a 5 milhões de dólares, disse a Sotheby’s, com o comprador a ter a opção de pagar com criptomoeda. 

A empresa anunciou que fechou contrato com a bolsa de criptomoedas Coinbase Global para a venda. A Coinbase disse que ia ajudar a gerir as flutuações de preços durante o leilão em Nova Iorque na próxima semana.

Os preços da bitcoin prosseguiram o movimento de subida neste sábado, 1 de maio, a ganharem 6% para perto de 58.000 dólares. Mas a maior criptomoeda do mundo tem estado a ser ofuscada pelo brilho da ether. 

A ether atingiu um novo máximo histórico acima dos 3.000 dólares, com os preços a quase quadruplicaram este ano, seguindo a disparar 290% desde janeiro.

 

Também a bitcoin está a ter um desempenho forte em 2021, tendo já quase duplicado de valor. Esta criptomoeda tem sido bastante impulsionada pelo facto de muitas empresas e instituições financeiras, como a Tesla, Mastercard e BNY Mellon, a apoiarem.

 

O valor total de todas as ethereum em circulação é agora de cerca de 333 milhões de dólares, refere a CNN citando os dados da CoinMarketCap. Já o valor de mercado da bitcoin ascende a perto de 1,1 biliões de dólares.

Ver comentários
Saber mais Air Sotheby’s Banksy Love Coinbase Global economia negócios e finanças leilões serviços financeiros
Outras Notícias