Petróleo Trump tem uma nova mensagem para a OPEP: "Relaxem e tenham calma"

Trump tem uma nova mensagem para a OPEP: "Relaxem e tenham calma"

O presidente dos Estados Unidos tenta travar a política de cortes na produção que a OPEP está a implementar.
Trump tem uma nova mensagem para a OPEP: "Relaxem e tenham calma"
Reuters
Nuno Carregueiro 25 de fevereiro de 2019 às 13:08

O presidente dos Estados Unidos voltou a "atacar" a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP), pedindo ao cartel para ter calma e não tomar medidas para agravar os preços da matéria-prima.

 

Donald Trump regressa assim à estratégia que adotou com sucesso em meados do ano passado, quando entrou em "guerra" com a OPEP, exigindo que os países exportadores travassem a escalada dos preços que levaram a cotação do petróleo para máximos de quatros anos.

 

Agora o presidente do EUA volta a queixar-se que o preço do petróleo está "muito alto". Por isso pede à OPEP que "relaxe" e "tenha calma", pois o mundo não pode lidar com um novo aumento acentuado. 

No ano passado, a cotação do Brent em Londres chegou a superar os 80 dólares por barril, mas entrou posteriormente em queda livre, perdendo quase metade do valor entre outubro e o final do ano. 2019 está a ser marcado por uma tendência de alta sustentada nos preços, com o Brent a acumular uma subida de cerca de 25% desde o início do ano.

 

É depois desta retoma nos preços da matéria-prima que Trump decidiu voltar a "atacar" a OPEP. A subida das cotações este ano está sobretudo relacionada com os cortes de produção implementados pela OPEP e países aliados (OPEP+), com a Arábia Saudita a liderar a redução de exportações para o exterior.

 

Uma estratégia que tem dado resultados e que Trump pretende travar.

 

Tal como aconteceu no ano passado, as cotações do petróleo estão a reagir em baixa a esta nova pressão de Trump sobre a OPEP. O Brent em Londres desce 1,06% para 66,41 dólares e o crude em Nova Iorque recua 0,98% para 56,70 dólares.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI