Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mudança na liderança do IGCP não compromete estratégia nacional

Cristina Casalinho é responsável pelo órgão máximo de gestão da dívida pública desde 2014, mas poderá não ser reconduzida. Analistas acredita que uma mudança não terá impacto negativo.

Economista liderou a agência no pós-troika e na pandemia.
Economista liderou a agência no pós-troika e na pandemia. Miguel Baltazar
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública - IGCP poderá mudar a liderança pela primeira vez em sete anos, numa altura em que o endividamento do Estado está próximo dos valores mais elevados de sempre. A recondução de Cristina Casalinho à frente do instituto não é certa, o que poderá dar abertura à alteração. No entanto, os analistas afastam riscos associados à

...

Ver comentários
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias