Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Natixis: "Papel do presidente pode ser crucial para estabilizar situação política"

O banco de investimento considera que o Presidente da República poderá ter um papel fundamental nos próximos meses.

Pedro Elias
Rui Barroso ruibarroso@negocios.pt 25 de Janeiro de 2016 às 13:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O economista do Natixis, Jesus Castillo, entende que "o papel do Presidente pode tornar-se crucial para estabilizar a situação política". Numa nota a clientes a que o Negócios teve acesso, o banco de investimento considera que "tendo em mente os poderes do Presidente e a fragilidade da coligação, o Presidente da República poderá desempenhar um papel mais importante nos próximos meses".

O Natixis já havia defendido anteriormente que o teste ao Governo de António Costa poderia ocorrer no segundo semestre deste ano, altura em que se começará a preparar o Orçamento do Estado para 2017. "Pode ser o gatilho para uma ruptura", considera o economista do Natixis.

Apesar das diferentes cores políticas do Governo e de Marcelo Rebelo de Sousa, o Natixis recorda que "não é a primeira vez que tal acontece na história recente e não perspectivamos uma situação de bloqueio nesta altura".

Mas relembra aos investidores os poderes do Presidente. "Apesar de os poderes do Presidente serem limitados, ele pode dissolver a Assembleia da República, mas não durante o primeiro semestre após as eleições legislativas".

A perspectiva do banco de investimento para a situação política portuguesa, combinada com a incerteza sobre as decisões das agências de 'rating', levou o Natixis a recomendar este mês a aposta na descida do valor das obrigações portuguesas.  

Ver comentários
Saber mais Negócios Jesus Castillo Presidente da República Governo de António Costa Orçamento do Estado Marcelo Rebelo de Sousa Assembleia da República política
Mais lidas
Outras Notícias