Outros sites Cofina
Notícia

Análise técnica, a aliada para antecipar tendências

A interpretação da evolução dos preços e volumes do ponto de vista histórico pode ajudar os investidores a prever movimentos futuros nos mercados. Ainda assim, a análise técnica deve ser acompanhada pela fundamental.

Patrícia Abreu pabreu@negocios.pt 29 de Setembro de 2016 às 12:16
Pedro Elias
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Suporte, resistência, confirmação ou cruzamento da morte. São termos que parecem demasiado complexos aos olhos de um investidor comum. Mas através da análise técnica, os investidores podem tentar antecipar movimentos e tendências de mercado. E, juntamente com a análise fundamental, tomar decisões de investimento mais seguras e limitar, assim, o risco do investimento.

A análise técnica ainda é para a maioria dos investidores um termo "non grato". Ainda que o recurso a estas estatísticas históricas não seja infalível, pode ajudar "a determinar uma tendência e quando uma posição deve ser fechada", explicou Steven Santos, na conferência "Análise de Mercados Financeiros", do BiG.

Tal como explica o gestor do BiG, a análise técnica não é mais que uma ferramenta que dá a possibilidade de "estudar o preço e o volume [de um determinado activo] para ajudar a prever alguns movimentos futuros". Seja através das linhas de tendência, dos preços de abertura - normalmente associados às ordens dadas pelos pequenos investidores antes da abertura -, ou de fecho - que reflectem decisões mais ponderadas de investidores experientes, a interpretação destes valores pode dar uma ajuda valiosa aos investidores.

Mas, a análise técnica não deve ser vista como uma alternativa à análise fundamental. Bem pelo contrário, estas duas abordagens complementam-se. E há muitos elementos na análise técnica que vão além dos números e cruzam já indicadores de sentimento, com probabilidades.
cotacao Através da análise técnica é possível estudar o preço e o volume [dos activos] para ajudar a prever alguns movimentos no futuro. Steven Santos Gestor do BiG
Por exemplo, "quando temos um consenso muito alto no mercado poderá haver uma janela de oportunidade para a queda", explica Steven Santos. Já as posições a descoberto podem ser uma oportunidade. "Se há muitas posições a descoberto, a acção poderá ter uma evolução muito repentina nas suas acções", refere o gestor. Ou seja, caso a companhia visada pelas posições curtas divulgue uma boa notícia, "os investidores em 'short selling' podem ter que desfazer rapidamente e o título ter uma valorização".

As comunicações ao mercado por parte das empresas também merecem interesse. "A compra de acções por parte de administradores das companhias pode antecipar um momento favorável", refere Steven Santos, acrescentando, porém, que "quando vendem não é tão indicativo".

E não é necessário ser um investidor profissional para saber "ler" os gráficos da análise técnica. Segundo Steven Santos, as plataformas "online" dos bancos de investimento, como é o caso da BiGlobal Trade, já dispõem de ferramentas acessíveis para todos os investidores. Por isso, antes de tomar uma decisão de investimento poderá ganhar em cruzar alguns elementos técnicos para obter uma leitura mais abrangente da tendência do mercado.

Mas, nem em todos os activos é possível ter uma leitura fidedigna da análise técnica. Tal como explica Steven Santos, em mercados ou activos sem liquidez não é possível aplicar estas ferramentas de análise.

glossário Conheça os termos da análise técnica  A análise técnica utiliza termos que podem ser difíceis de descodificar. Veja o que significam alguns conceitos da análise técnica.

Linha de tendência no mercado
O principal objectivo da análise técnica é tentar antecipar a tendência no mercado. Para isso, recorre-se à análise das médias móveis, que "representam o consenso momentâneo de valor num determinado período temporal". Quando o preço do mercado está acima destas médias móveis, fala-se num sinal altista. Se está abaixo, estamos perante um sinal baixista.

Suporte e resistência
Os termos resistência e suporte fazem parte do discurso dos analistas técnicos. Tratam-se de níveis de preço onde se espera que haja compradores/vendedores suficientes para fazer parar um movimento de subida/descida. São, no fundo, barreiras psicológicas que, quando quebradas, podem iniciar um ciclo de ganhos ou perdas.

Os cruzamentos das médias móveis
A interpretação das médias móveis é uma das estratégias utilizadas na análise técnica. Estamos perante um cruzamento dourado quando a média móvel de 50 dias cruza em alta a média móvel de 200 dias. Já quando a linha cruza em baixa, então é um cruzamento da morte.

Os dojis e as suas implicações
O Doji é o nome de um padrão de análise de gráficos de velas. Estamos perante um Doji quando a abertura e o fecho estão muito próximos, mesmo que haja flutuações durante a sessão de negociação. A leitura é que há incerteza no mercado, antecipando-se movimentos de volatilidade no activo ou segmento analisado. 


Mais notícias