Cronista
Eduardo Cintra Torres
Opinião [763.] Super Bock 26.07.2018 Eduardo Cintra Torres
Opinião [761.] INEM: as fitas do Neymar 11.07.2018 Eduardo Cintra Torres
Opinião [760.] O império do feio na publicidade 04.07.2018 Eduardo Cintra Torres
Opinião [759.] Fundação Gulbenkian, FIFA 28.06.2018 Eduardo Cintra Torres
Opinião [758.] Expresso, Placard, SNS 24 21.06.2018 Eduardo Cintra Torres
Eduardo Cintra Torres [766.] Redes digitais: publicidade light - Control, Café Império  15.08.2018 Eduardo Cintra Torres
As redes digitais permitiram o renascer em novos moldes de uma forma simpática de reclames, os anúncios de ocasião. É a publicidade light. Simples, humildes e baratos, são light em tudo.
Eduardo Cintra Torres [765.] O "tweet" de António Costa: publicidade política 08.08.2018 Eduardo Cintra Torres 181
O primeiro-ministro divulgou uma mensagem por "tweet" com 44 palavras e três fotografias que se pode caracterizar como propaganda, ou publicidade política.
Eduardo Cintra Torres [764.] Farmácias Portuguesas; e um pedido aos marqueteiros nacionais 02.08.2018 Eduardo Cintra Torres 25
Um recente anúncio de imprensa visa promover a imagem institucional das farmácias portuguesas. O texto diz que "em cada farmácia há um conjunto de farmacêuticos preparados, próximos e prontos a ajudar quem deles precisa".
Eduardo Cintra Torres [763.] Super Bock 26.07.2018 Eduardo Cintra Torres
A religião alcoólica, como todas, tem muitos preceitos para serem obedecidos pelos seus crentes, neste caso os crentes consumidores.
Eduardo Cintra Torres [762.] "Linhas de Sangue": um anúncio contra a crítica 20.07.2018 Eduardo Cintra Torres 77
Os autores do anúncio a "Linhas de Sangue" quiseram fazer uma gracinha, mas acabaram revelando má consciência sobre o seu trabalho e um fundo negro que, envenenando-os, os impede de fazer melhor cinema.
Eduardo Cintra Torres [761.] INEM: as fitas do Neymar 11.07.2018 Eduardo Cintra Torres 27
O anúncio do INEM tem características interessantes, como a da oportunidade. O anúncio surgiu no momento exacto, durante o Mundial, após inúmeras fitas de Neymar e após a vaga de memes nas redes digitais. 
Eduardo Cintra Torres [760.] O império do feio na publicidade 04.07.2018 Eduardo Cintra Torres 81
Agora, a intenção é criar publicidade que seja propositadamente feia ou, como se isso existisse, neutra. A internet, acessível a milhões e milhões, desenvolveu, espalhou e impôs o feio.
Eduardo Cintra Torres [759.] Fundação Gulbenkian, FIFA 28.06.2018 Eduardo Cintra Torres
Fundação Calouste Gulbenkian permanece a principal fornecedora nacional de cultura erudita. O seu papel nos últimos 60 anos tem sido insubstituível. Contribuiu de forma decisiva para a formação de artistas e de públicos.
Eduardo Cintra Torres [758.] Expresso, Placard, SNS 24 21.06.2018 Eduardo Cintra Torres 31
Estranha, mesmo, é a campanha do Serviço Nacional de Saúde que usa a Selecção Nacional de Futebol para promover o seu centro de contacto SNS 24.
Eduardo Cintra Torres [757.] Descodificando a fotopropaganda de Merkel 13.06.2018 Eduardo Cintra Torres 62
Se Merkel divulgou a foto no Twitter, é porque servia a percepção que pretendia passar para os alemães e para o mundo a seu respeito e da sua política.