Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Visto por Dentro
Notícias desta secção

O desplante holandês

23.08.2020 Manuel Esteves

A proposta do parlamento holandês até pode passar no crivo legal da União Europeia, mas é bastante duvidoso que passe pelo crivo da decência.

Um orçamento sem escolhas

19.12.2019 Manuel Esteves

Para governar, é preciso fazer escolhas claras e é isso que falta neste orçamento. Há muitas, mas poucas certeiras. Sem pontaria ou coragem para acertar, resta então ao Governo distribuir migalhas por todo o lado.

Haja saúde... que dinheiro não há

12.12.2019 Manuel Esteves

O Governo deu um passo importante para a redução da suborçamentação do Serviço Nacional de Saúde mas pouco fez perante o problema de falta de financiamento, que é bem real. É um bom princípio começar pela gestão mas para chegar a um bom fim será mesmo preciso mais dinheiro.

Lagarde fica sem bazuca

12.09.2019 Nuno Carregueiro

Nos oito anos de mandato que estão prestes a terminar, Draghi destacou-se sobretudo pela capacidade de surpreender. A menos que avance com medidas não convencionais mais radicais, a margem de manobra de Lagarde para lançar uma bazuca agora é bem mais estreita.

Serviços máximos eleitorais

08.08.2019 Manuel Esteves

Encorajado pelo apoio popular e pelos possíveis ganhos eleitorais, António Costa enveredou pela via mais radical para responder aos motoristas. Nem os consumidores ficaram mais tranquilos, acorrendo em massa às bombas de gasolina, nem os sindicatos deram sinais de desmobilização.

Recessão? Então compra

01.08.2019 Nuno Carregueiro

Como disse recentemente um banqueiro que se queixava da atual política monetária, "conseguimos aguentar algum tempo debaixo de água, mas não podemos viver lá para sempre".

O buraco negro e as bolhas

18.07.2019 Nuno Carregueiro

Greenspan foi eficaz a impulsionar a economia norte-americana na ressaca da crise das "dotcom" em 2000. Tal como Draghi a tirar a Europa do fundo do poço em que se encontrava em 2011.

O PS que se cuide

20.12.2018 Manuel Esteves

Anda alguma coisa no ar. A brisa optimista que soprava em Portugal deu lugar a um vento irregular, que vira de direcção tão depressa como muda de intensidade. O país está melhor do que há três anos, sem dúvida, mas o problema é que devia estar muito melhor. E os portugueses mostram-se agora mais impacientes.

Ver Mais
Publicidade
C•Studio