Weekend Futebol: a era dos agentes quase secretos
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Futebol: a era dos agentes quase secretos

O futebol tornou-se um negócio global, onde há cada vez mais dinheiro disponível. Onde se movem agentes que auferem comissões estratosféricas, investidores com fundos ilimitados, jogadores que são transferidos a peso de ouro. E depois, estão os adeptos, que só desejam a glória dos seus clubes do coração. No meio de todas estas transformações empresariais, que espaço sobra para os clubes portugueses, sem poder financeiro para competir com estas novas estrelas galácticas?
Futebol: a era dos agentes quase secretos
Fernando Sobral 16 de fevereiro de 2018 às 11:34

Um jogador que passou pelo Real Madrid e pelo Barcelona, Pepe Samitier, era um centrocampista temível. Era também conhecido pela sua língua afiada. Um dia, disse: "Se o futebol fosse um negócio, pertenceria aos bancos." Samitier )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
37 16.02.2018

O mê Benfica é o único que não precisa de vender jogadores para ser autossustentável como diz o presidente todos os outros vivem ao pé cochinho excepto aqueles que têm dentro os péleves que fugiram à justiça

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub