Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

O fascismo visto por Madeleine Albright

A antiga secretária de Estado norte-americana Madeleine Albright fala sobre o fascismo com a autoridade de quem o sentiu na pele. Sabe o que radicalismo político pode fazer e está a ver sinais alarmantes de que se encontra novamente a ganhar força no mundo. O seu livro “Fascismo - um alerta”, que agora chega a Portugal, é uma chamada de atenção para que a História não se repita. E não poupa críticas a Donald Trump.

Pedro Zenkl
Filipa Lino flino@negocios.pt 06 de Outubro de 2018 às 11:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...

Madeleine Albright é, na realidade, Marie Jana Korbelová. Foi com este nome que entrou nos Estados Unidos em 1948, como refugiada, quando tinha apenas 11 anos de idade. Filha de um diplomata da Checoslováquia, nasceu em Praga, de onde teve de fugir duas vezes com a família, de origem judia. Primeiro para Londres, em 1939, quando os nazis ocuparam o país. Depois da II Guerra Mundial, regressaram à terra natal mas não por muito tempo.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Madeleine Albright fascismo livro Fascismo- um alerta EUA Donald Trump nazismo política Casa Branca
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias