Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ai Weiwei, mais do que simples memórias

O controverso artista conta a sua vida, e da sua família, dentro de um cenário maior, o regime chinês. É o retrato absurdo de viver dentro de um romance distópico

Nos últimos anos, Ai Weiwei tem residido e exposto em Portugal David Cabral Santos
Marco Alves 26 de Dezembro de 2021 às 13:00
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...
Há um ponto de ligação entre o começo e o fim de "1000 anos de alegrias e tristezas": a prisão. Primeiro o pai, depois o filho. "Eu tinha sido raptado pelo Estado (…). Porém, encontrei consolo no conhecimento de que o meu pai tinha sido preso oitenta anos antes: ser acusado de crimes muito semelhantes aos seus só serviria para me dar ânimo."

Weiwei nasceu em 1957, no ano em que Mao Tsé-Tung "desencadeou uma tempestade ...
Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio