Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Laskasas fecha fábricas e lojas de móveis com 320 trabalhadores

O grupo de mobiliário de Paredes vai parar a produção e as vendas até 13 de abril devido à covid-19. Celso Lascasas desafia "todas as empresas com grandes produções de produtos não essenciais" a adotar a mesma medida.

António Larguesa alarguesa@negocios.pt 18 de Março de 2020 às 12:24
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Grupo Laskasas, um dos maiores fabricantes portugueses de artigos de mobiliário e decoração, vai suspender a atividade a partir desta quinta-feira, 19 de março, prevendo retomá-la apenas a 13 de abril, avançou ao Negócios o CEO, Celso Lascasas.

 

O empresário nortenho considera que "todas as empresas com grandes produções de produtos não essenciais deveriam adotar medidas semelhantes e pensar na saúde dos seus funcionários, clientes e as suas famílias", acrescentando que "a resolução desta pandemia depende de todos".

Sediado em Paredes, onde detém três unidades industriais com um total de 24.500 metros quadrados, avança com esta medida devido à pandemia da covid-19 e "para salvaguardar o mais vital e essencial que é a saúde de todos os colaboradores, parceiros e clientes". As entregas foram adiadas, continuando disponível a compra através da loja online.

"Como consequência, pedimos a colaboração de todos os nossos parceiros, pois a partir de agora não recebemos mais mercadorias até indicações contrárias da nossa parte", lê-se na mensagem enviada pelo gestor, que mostra "esperança de que [retomará] a atividade em breve e com mais energia que nunca".

 

Composto por cinco empresas, que empregam um total de cerca de 320 pessoas, que, para já, entram num período de férias antecipadas, o grupo fundado em novembro de 2004 por Celso Lascasas, que arrancou com uma pequena loja em Ermesinde, faturou 22 milhões de euros em 2019. Exporta artigos de mobiliário e decoração para mais de 30 países.

 

Em termos industriais, a empresa-mãe produz mobiliário e artigos de decoração para o lar, a DomKapa está especializada em estofos e a Serralux no fabrico de mobiliário em metal (inox, aço, cobre, latão e ferro forjado).

 

A marca é ainda proprietária de nove lojas próprias em Portugal – Alfragide, Lisboa, Estoril, Maia, Leça da Palmeira, Braga, Aveiro, Leiria e Coimbra –, além de três unidades comerciais em Luanda (Angola), Marbella (Espanha) e Punta Cana (República Dominicana).

 

Ver comentários
Saber mais Indústria comércio mobiliário laskasas paredes exportação covid-19 coronavírus
Outras Notícias