Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mapa: Área Metropolitana de Lisboa tem duas vezes mais casos de covid do que a do Porto

A Área Metropolitana de Lisboa superou a barreira dos 20 mil casos de covid-19, enquanto a Área Metropolitana do Porto ultrapassou a fasquia das 10 mil infeções. Veja no mapa qual é a situação no seu concelho.

Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 20 de Julho de 2020 às 18:54
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A Área Metropolitana de Lisboa (AML) superou esta segunda-feira, 20 de julho, a fasquia dos 20 mil casos de covid-19, atingindo as 20.144 infeções. Este valor é mais do dobro do registado na Área Metropolitana do Porto (AMP), que superou a barreira dos 10 mil casos, com o registo de 10.068 pessoas a testarem positivo.

Apesar de a AML ter mais 1,13 milhões de habitantes, a incidência da covid-19 é superior na zona junto à capital (7,04 casos por mil habitantes) do que na região do Norte do país, onde esse valor é de 5,83 casos por milhar de residentes. Ainda assim, ambas as áreas metropolitanas apresentam uma incidência acima da média nacional, atualmente nos 4,74 infetados por mil pessoas.

Os 20.144 casos da Área Metropolitana de Lisboa superam, por exemplo, todos os casos de covid-19 contabilizados na Áustria, país que tem mais do triplo da população da AML. 

No boletim de hoje da Direção-Geral de Saúde (DGS), em que são atualizados os dados por concelho após um hiato de seis dias, os 17 municípios da Área Metropolitana do Porto registam 134 novos casos. Já a Área Metropolitana de Lisboa contabiliza 1.163 casos adicionais, ou seja quase nove vezes mais do que a AMP.

Aliás, quer o concelho de Lisboa (156) quer o de Sintra (257) viram o número de infetados aumentar mais do que toda a Área Metropolitana do Porto.

Loures tem 1% da população infetada
Loures soma 2.197 casos, mais 109 do que a 14 de julho, o que significa que 1,03% deste concelho foi infetada pelo novo coronavírus desde o início da pandemia.

Em todo o país apenas quatro municípios apresentam valores de incidência acima de 1%. Reguengos de Monsaraz, que tem 10 mil habitantes, regista uma incidência de 1,55% devido ao surto que eclodiu num lar de idosos deste concelho alentejano. 

Ainda acima de 1% encontra-se Ovar, com 1,29%. O município vareiro, de 54 mil habitantes, regista 702 casos desde o início da pandemia.

Mas entre os municípios mais populosos, apenas Loures (213 mil residentes) e a Amadora (184 mil habitantes) superam a incidência de 1% - com o concelho da Amadora, que soma 2.090 casos, a apresentar um valor de 1,13%.

Oeiras é 12.º concelho com mais de mil casos 
O município de Oeiras superou a fasquia dos mil casos, sendo o 12.º concelho acima daquele valor. Destes 12 municípios, sete pertencem à AML - Lisboa, Sintra, Loures, Amadora, Odivelas, Cascais e Oeiras - e quatro à AMP - Vila Nova de Gaia, Porto, Matosinhos e Gondomar. O "intruso" é o município de Braga, que contabiliza 1.265 casos.

Existem agora 71 municípios com mais de uma centena de casos, mais três do que no último reporte por concelho, a 14 de julho. Os três municípios a superar os 100 infetados são todos algarvios: Lagos, Loulé e Portimão.

O número de concelhos com pelo menos três casos confirmados - a DGS não identifica os municípios com dois ou menos infetados - é de 253, o que corresponde a 82,1% dos 308 municípios portugueses.
Ver comentários
Saber mais Área Metropolitana Lisboa Porto AML AMP DGS Oeiras Sintra Loures Amadora covid mapa concelhos
Outras Notícias