Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Novos casos disparam para mais de 10 mil e há mais 91 mortes por covid-19. Maior subida de sempre nos casos ativos

Portugal registou 10.027 novos contágios pelo coronavírus nas últimas 24 horas, um forte aumento face à véspera e a primeira vez em que é superada a fasquia dos 10 mil novos casos. Há ainda a lamentar mais 91 vítimas mortais da doença, o quarto pior dia. Os casos ativos registaram a maior subida de sempre, para máximos desde 15 de novembro, e os internamentos também aumentaram.

Reuters
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 06 de Janeiro de 2021 às 13:59
  • Assine já 1€/1 mês
  • 34
  • ...
O número de pessoas infetadas pela covid-19 em Portugal aumentou em 10.027, de acordo com os dados revelados esta quarta-feira, 6 de janeiro, pela Direção Geral da Saúde (DGS), para um total de 446.606

Quanto às mortes relacionadas com o novo coronavírus, registaram-se 91 nas últimas 24 horas, elevando o total de óbitos desde o início da pandemia para 7.377. 

O número de casos mais do que duplicou face à véspera (4.956) subindo pelo quarto dia seguido. A média diária de novos casos dos últimos sete dias subiu para 5.794, o valor mais elevado desde 19 de novembro.

Nos últimos 14 dias, Portugal acumulou 615 novos casos por 100 mil habitantes, o nível mais elevado desde 3 de dezembro. Este indicador, muito utilizado internacionalmente para medir a propagação do vírus e critério determinado pelo Governo para considerar os concelhos em risco, mais do que duplica o limite definido de 240 casos por 100 mil habitantes. 

O número de doentes recuperados cifrou-se em 3.115 nas últimas 24 horas, aumentando o total de recuperados para 352.225.


Assim, os casos ativos, que são calculados subtraindo ao total de casos confirmados os doentes recuperados e os óbitos, subiram em 6.821, o maior aumento diário de sempre, para 87.004 infeções ativas, máximo desde 15 de novembro, o que corresponde a 19,48% dos casos acumulados. 

Mais 487 internamentos desde o início do ano

O número de internados devido à covid-19 aumentou em 33, para um total de 3.293 pacientes, atingindo um máximo desde 10 de dezembro. Nos primeiros cinco dias deste ano o número de doentes internados nos hospitais com covid-19 aumentou em 487, quase 100 por dia.

Já no que respeita aos casos mais graves, de internamentos em unidades de cuidados intensivos, há mais um paciente, num total de 513, o que corresponde a um máximo de 26 de dezembro e à sexta subida diária consecutiva.

Recorde de casos no Norte, LVT, Centro, Algarve e Açores
O Norte foi a região com maior número de novas infeções, somando mais 3.857 novos casos, que correspondem a 38% dos contágios no país nas últimas 24 horas, elevando o total da região para 222.403

Em Lisboa e Vale do Tejo (LVT) foram registados mais 3.333 casos, elevando o total para 144.842. Os restantes casos foram 1.932 no Centro, 439 no Alentejo, 307 no Algarve, 107 nos Açores e 52 na Madeira.

No Norte, Lisboa e Vale do Tejo, Centro, Algarve e Açores foram registados recordes no número de novas infeções diárias.


Quanto aos óbitos, a maioria foi no Norte, com 34. Seguem-se Lisboa e Vale do Tejo com 27; Alentejo com 15; Centro com 14 e Algarve com uma morte. Nos Açores e na Madeira não houve vítimas mortais.

No Alentejo o número diário de mortes é o mais elevado de sempre, superando o recorde de 14 óbitos registado na véspera. Desde o início do ano, o Alentejo soma já 57 vítimas mortais, o que faz de janeiro o terceiro mês com mais falecimentos nesta região.


Ver comentários
Saber mais DGS Portugal mortos coronavírus covid-19 recuperados internados casos ativos
Outras Notícias