Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Onde ficam os países da UE na matriz de desconfinamento de Costa

No grupo dos 27 países da União Europeia, Portugal é o único que tem o privilégio de estar na zona verde, que permite a continuação do processo de desconfinamento. Veja como se posicionam os vários países na matriz do desconfinamento e como se posicionam nos quatro critérios que vão monitorizar a reabertura do país.

  • Assine já 1€/1 mês
  • 16
  • ...
Portugal sozinho no canto verde
Posição relativa dos países entre a incidência de covid-19 (escala vertical, logarítmica) e o índice de transmissibilidade, R(t) (escala horizontal)
Os dados são do Instituto Ricardo Jorge e mostram com clareza como Portugal está isolado no espaço verde, que permite que continuemos a desconfinar. Se passar para lá dos 120 casos por 100 mil habitantes ou registar um R(t) superior a 1, o processo de desconfinamento será suspenso. Os dados são de 11 de março.


É a imagem-chave do processo de desconfinamento que arrancou esta segunda-feira. À primeira vista parece um quadrado com três cores, verde, laranja e vermelho, mas uma segunda leitura mais atenta permite perceber que se trata de uma matriz com dois eixos: o da incidência da covid-19, medida pelo número de casos acumulados nos últimos 14 dias por 100 mil habitantes, e o do índice de transmissibilidade, o R(t). 

Para estar no verde, é preciso ter menos de 120 casos por 100 mil habitantes e um R(t) inferior a 1. Se há 11 países da União Europeia (UE) que cumprem o critério do R(t), pelo contrário no número de casos não há nem um, além de Portugal. É por isso que só Portugal surge na zona verde desta matriz.

Nos outros dois indicadores que as autoridades de saúde consideram fundamentais para monitorizar o processo de reabertura do país e eventualmente travá-lo, Portugal também está sempre entre os melhores. No número de camas de cuidados intensivos, ocupadas por doentes covid-19, já tem menos de 245 camas ocupadas, o que equivale a 24 camas por milhão de habitantes. Só Suécia, Irlanda, Finlândia e Dinamarca conseguem cumprir este critério. 

Quanto ao quarto critério, este diz respeito à percentagem de testes à covid-19 com resultado positivo. É preciso estar abaixo dos 4% e Portugal está nos 3,3%. Além de Portugal, cumprem este requisito quatro países da UE. Confira os gráficos.

Ver comentários
Outras Notícias