Economia Comissão e BCE vêem sinais positivos na banca, mas "recuperação não está concluída"

Comissão e BCE vêem sinais positivos na banca, mas "recuperação não está concluída"

A banca portuguesa está hoje mais sólida do que há alguns meses, mas o sistema financeiro continua a apresentar riscos importantes. Medidas nesta área estão entre aquelas que a Comissão e o BCE consideram mais urgentes.
Comissão e BCE vêem sinais positivos na banca, mas "recuperação não está concluída"
Nuno Aguiar 05 de julho de 2017 às 19:02
É bom, mas não chega. Podia resumir-se assim a opinião da Comissão Europeia e do Banco Central Europeu (BCE) sobre os desenvolvimentos recentes observados na banca portuguesa. "A recuperação do sector bancário tem tido progressos positivos, mas ainda não se encontra concluída", pode ler-se na sexta avaliação pós-programa, publicada hoje, 5 de Julho.

As duas instituições comunitárias notam que o sistema financeiro apresenta ainda níveis baixos de rendibilidade, almofadas de capital limitadas e rácios de malparado elevados (embora em queda). "Os esforços contínuos dos bancos para melhorarem a sua solidez financeira, bem como a sua governação interna, são essenciais", acrescentam os técnicos, que estiveram em Lisboa entre 26 de Junho e 4 de Julho. 

É recomendado que a reestruturação de empréstimos de empresas viáveis avance mais rápido, ao mesmo tempo que os créditos a empresas inviáveis são resolvidos. A plataforma para melhorar a coordenação em relação à gestão do malparado e o reforço do enquadramento para a reestruturação da dívida das empresas são "iniciativas importantes a este respeito". 

A missão comunitária pede ao Governo português que avance com "uma estratégia abrangente" nesta área, com um "calendário ambicioso" e "objectivos claros". O quadro jurídico merece especial atenção, no sentido de acelerar a já referida reestrutração dos créditos das empresas viáveis e tirar do balanço as outras.

Em comunicado, o Ministério das Finanças reagiu a avaliação da CE e do BCE, sublinhando que a estabilização do sistema bancário tem sido "uma prioridade do Governo" e que a missão da CE e do BCE "saúda" esses esforços.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI