Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Covid-19: Costa e Sánchez preparam reunião da UE sobre fronteiras por teleconferência

O primeiro-ministro de Portugal e o de Espanha reúnem-se hoje, por teleconferência, para prepararem o encontro dos ministros da Administração Interna e da Saúde da União Europeia (UE) sobre o controlo sanitário de fronteiras.

António Costa, em Lisboa, e Pedro Sánchez, em Madrid, vão debater ações coordenadas. EPA
Lusa 15 de Março de 2020 às 09:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...
António Costa, em Lisboa, e Pedro Sánchez, em Madrid, vão debater hoje "as ações coordenadas a tomar no seio da União Europeia e sobre a gestão da fronteira comum dos dois países" no âmbito da pandemia da covid-19, segundo um comunicado do gabinete do governante português, divulgado no sábado, dia em que o governo espanhol confirmou que a mulher do primeiro-ministro é um dos casos de infeção.

Esta conversa servirá para preparar uma reunião, também à distância e por teleconferência, na segunda-feira, dos ministros da Administração Interna e da Saúde da União Europeia (UE) "para definir medidas de controlo sanitário nas fronteiras internas e externas" da União.

Depois da reunião, o Governo português "atuará em conformidade com os demais Estados-membros da União Europeia, mantendo até lá as medidas já adotadas relativamente a voos provenientes da China e Itália", para onde não há ligações aéreas, ainda segundo o comunicado do gabinete de Costa.

Desde sábado, estão a decorrer "ações conjuntas da GNR, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) e Direção-Geral da Saúde (DGS) para ações pontuais de controlo da fronteira terrestre", conforme já anunciou o executivo.

O novo coronavírus já matou mais de 5.700 pessoas em todo o mundo desde o seu surgimento em dezembro e já foram registados mais de 151.000 casos de infeção em pelo menos 137 países e territórios.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) atualizou o número de infetados e registou o maior aumento num dia (57), ao passar de 112 para 169 casos, dos quais 114 estão internados.

Espanha é um dos países mais atingidos pela pandemia, com 120 mortos e mais de 1.200 infetados.

O Governo português decretou na quinta-feira o estado de alerta, colocando os meios de proteção civil e as forças e serviços de segurança em prontidão.

Foram igualmente suspensas, a partir de segunda-feira, as atividades letivas e restringido o funcionamento de discotecas e similares e suspensas as visitas a lares em todo o território nacional.

O Governo decidiu igualmente proibir o desembarque de passageiros de navios de cruzeiro, exceto dos residentes em Portugal, e limitar a frequência nos centros comerciais e supermercados para assegurar possibilidade de manter distância de segurança entre as pessoas.

Já tinham sido tomadas outras medidas em Portugal para conter a pandemia, como a suspensão das ligações aéreas com a Itália.
Ver comentários
Saber mais Covid-19 Coronavírus António Costa Pedro Sánchez União Europeia
Mais lidas
Outras Notícias