Economia Filha de Dias Loureiro suspeita de branqueamento de quatro milhões de euros em Espanha

Filha de Dias Loureiro suspeita de branqueamento de quatro milhões de euros em Espanha

Polícia espanhola está a investigar o político Raúl Morodo, ex-embaixador de Espanha na Venezuela, que é sogro de Catarina Dias Loureiro.
Filha de Dias Loureiro suspeita de branqueamento de quatro milhões de euros em Espanha
Foto de 28 de novembro de 2005. O então embaixador de Espanha na Venezuela, Raúl Morodo, está rodeado do então presidente venezuelano, Hugo Chávez, e do então ministro espanhol da Defesa, José Bono.
Reuters
Correio da Manhã 23 de maio de 2019 às 23:19

A filha do ex-ministro Manuel Dias Loureiro, Catarina Dias Loureiro, é suspeita de branqueamento de capitais de quatro milhões de euros em Espanha, avança o jornal El País. 

Estas suspeitas acontecem no âmbito de uma investigação que envolve o político Raúl Morodo (na foto, ao centro), antigo embaixador de Espanha na Venezuela e sogro da filha do ex-ministro, de acordo com o jornal francês.

Em comunicado ao Observador, Catarina Dias Loureiro negou que "tenha sido detida ou chamada a prestar declarações em qualquer investigação policial". 




Marketing Automation certified by E-GOI