Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Subida de preços em Portugal acelera para 1,2%

A taxa de variação do Índice de Preços no Consumidor (IPC) subiu 0,6 pontos percentuais face a abril, com o INE a estimar que a inflação tenha sido de 1,2% no mês de maio.

Por causa da crise económica provocada pela pandemia de covid-19, as famílias vão perder rendimentos.
Tony Gentile/Reuters
Cátia Rocha catiarocha@negocios.pt 31 de Maio de 2021 às 11:16
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...

De acordo com os dados revelados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), estima-se que a inflação tenha subido para 1,2% no mês de maio, mais 0,6 pontos percentuais face ao mês de abril.  O indicador de inflação subjacente (índice total excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos) terá registado uma variação de 0,6% (0,1% no mês anterior), indica o INE. 


É ainda estimado que a taxa de variação homóloga do índice relativo aos produtos energéticos se situe nos 9,9%, (8,1% no mês de abril). Já o índice referente aos produtos alimentares não transformados terá apresentado uma variação de -0,1% (em abril este índice situava-se nos -1,1%). 


Face ao mês anterior, o IPC terá tido uma variação de 0,2%. Em abril, a variação mensal foi de 0,4%; já em termos homólogos, em maio de 2020 tinha sido de -0,4%. O INE estima ainda uma variação média nos últimos doze meses de 0,2% (0,1% no mês anterior).


Já o índice harmonizado de preços no consumidor (IHPC) português terá registado uma variação homóloga de 0,4%. 


Após a divulgação desta estimativa, o INE indica que os dados definitivos sobre a inflação em maio vão ser publicados em junho, no dia 14. 

Ver comentários
Saber mais INE inflação preços
Outras Notícias