Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Emprego das portuguesas foi dos mais penalizados pela pandemia

Estudo europeu mostra que a primeira vaga de covid-19 penalizou mais as mulheres do que os homens. Mas essa diferença foi mais acentuada em Portugal, no emprego destruído como em horas trabalhadas. Mulheres usaram mais apoios à família.

Os dados do Eurostat mostram que 6% das mulheres ficaram sem emprego na primeira vaga da pandemia. Foi uma das maiores quebras na UE.
Os dados do Eurostat mostram que 6% das mulheres ficaram sem emprego na primeira vaga da pandemia. Foi uma das maiores quebras na UE. Pedro Catarino
Susana Paula susanapaula@negocios.pt 08 de Julho de 2021 às 22:40
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A primeira vaga da pandemia de covid-19 penalizou de forma mais acentuada o emprego das mulheres do que o dos homens e isso foi mais visível em Portugal do que na maioria dos países da União Europeia.

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Portugal União Europeia EIGE Espanha Eurostat Estados-membros Malta UE
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias