Centeno: Itália vai respeitar política económica da União Europeia

O presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, está confiante de que Itália vai cumprir as regras europeias e registar um défice abaixo de 3% no próximo ano. A garantia foi deixada aos jornalistas à porta da reunião dos ministros das Finanças.
Reuters
pub
Rita Atalaia 07 de setembro de 2018 às 11:04

Mário Centeno assegura que Itália vai cumprir as regras de política económica da União Europeia. Falando antes da reunião dos ministros das Finanças da Zona Euro, o presidente do Eurogrupo afirmou que o governo italiano está comprometido com as metas.

"O governo italiano comprometeu-se a seguir aqueles que são os princípios da orientação da política económica na Europa", afirmou Mário Centeno aos jornalistas, em declarações citadas pela Reuters. 
 

Também à porta deste encontro, o ministro das Finanças italiano, Giovanni Tria, reiterou que o país está determinado a cumprir as regras europeias. Ou seja, a não registar um défice acima de 3% no próximo ano.

 

Contudo, ainda na quinta-feira, Tria afirmou que o crescimento fraco da economia e as medidas que o governo vai adoptar no âmbito do seu programa poderiam conduzir a um défice superior ao esperado.

pub

 

As várias declarações dos membros do executivo ao longo dos últimos dias, que tanto garantem que vão cumprir a meta como admitem falhar o compromisso, têm levado o mercado de dívida de Itália a oscilar.
Esta sexta-feira, os juros italianos a dez anos seguem abaixo do patamar dos 3%, aliviando 6,5 pontos base para 2,993%, depois de terem subido na sessão anterior. Na Alemanha, as taxas no mesmo prazo estão a subir 1,3 pontos base para 0,368%. 

pub