Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Líder dos Trabalhistas ingleses demite coordenadora de campanha

Eleições da passada quinta-feira deixaram Keir Starmer "profundamente desapontado" e foram a razão para afastar Angela Rayner.

Lusa 09 de Maio de 2021 às 11:43
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

O líder do Partido Trabalhista britânico, Keir Starmer, demitiu no sábado a presidente e coordenadora das campanhas eleitorais do partido, Angela Rayner, que, no entanto, mantém o posto de "número dois" da formação.

Na sexta-feira, Starmer tinha anunciado que estava a considerar uma reestruturação da liderança do partido, à medida que foram sendo conhecidos os resultados nas eleições locais no Reino Unido, com a derrota dos trabalhistas em vários círculos eleitorais tradicionalmente de esquerda.

Rayner deverá também abandonar a liderança parlamentar adjunta dos trabalhistas.

A ala esquerda do Partido Trabalhista criticou de imediato o afastamento de Rayner, o que pode reabrir as feridas internas sofridas pelo partido durante anos.

O movimento popular Momentum, que apoiou o antigo líder trabalhista Jeremy Corbyn, disse que Rayner tem sido um "bode expiatório" e acusou Starmer de recuar na promessa de que iria assumir a responsabilidade pelos resultados.

Na sexta-feira, Keir Starmer disse estar "profundamente desapontado com os resultados" das eleições de quinta-feira e assumiu "plena responsabilidade".

O resultado mais significativo aconteceu em Hartlepool, norte de Inglaterra, onde foi eleita deputada a conservadora Jill Mortimer, que obteve 15.529 votos, quase o dobro dos obtidos pelo seu opositor trabalhista Paul Williams (8.589).

O círculo eleitoral estava nas mãos do ‘Labour' desde 1964.

No total, o Partido Trabalhista perdeu 109 assentos e o Partido Conservador ganhou 114, numa altura em que os boletins continuam a ser contados. 

Ao todo, foram a votos cerca de 4.650 representantes em 143 municípios em Inglaterra, 13 Presidentes de Câmara Municipal [mayors] eleitos diretamente, 39 comissários de polícia e 25 deputados da Assembleia Municipal de Londres.

Realizaram-se também eleições para escolher os 129 deputados da Assembleia da Escócia e 60 deputados da Assembleia do País de Gales, cujo resultado ditará os respetivos Governos autónomos. 

Os resultados completos poderão só ser conhecidos no início da próxima semana. 

Ver comentários
Saber mais Reino Unido Partido Trabalhista Keir Starmer
Outras Notícias