Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Remodelação do governo de Sánchez inclui saída de sete membros

A remodelação do governo espanhol envolve a saída de sete dos 23 membros, com uma descida da idade média dos ministros e o aumento da presença de mulheres. O executivo, referiu, vai tomar posse na segu

A carregar o vídeo ...
Lusa 10 de Julho de 2021 às 16:29
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

O primeiro-ministro espanhol, o socialista Pedro Sánchez, revelou este sábado a composição do seu novo governo, que implica a saída de sete dos 23 membros do executivo anterior e tem uma maior percentagem de mulheres.

Num discurso no Palácio de Moncloa, Sánchez sublinhou que a remodelação – a maior desde que chegou a Moncoa, com a saída de sete dos 23 membros do executivo e uma mudança de pasta – representa uma mudança geracional (a idade média dos ministros reduz-se de 55 para 50 anos) e que a presença de mulheres passa de 54% para 63%.

Na remodelação, que não afeta os ministros designados pelo Podemos no governo de coligação, destaca-se a saída de Cármen Calvo, até agora "número dois", e a do secretário de Organização do PSOE, José Luís Ábalos, ministro dos Transportes, Mobilidade e Agenda Urbana.

Embora não faça parte do Conselho de Ministros, é também substituído o chefe de gabinete do presidente do governo Ivan Redondo. O cargo será ocupado por Óscar Lopez, até agora presidente da cadeia de hotéis Paradores.

O primeiro-ministro espanhol assegurou que com a remodelação anunciada "começa o governo da recuperação", com o objetivo de superar por completo a pior calamidade que a Humanidade enfrentou nas últimas décadas.

De acordo com a curta declaração em que deu oficialmente a conhecer a composição e o principal objetivo do novo governo, em Madrid, Sanchéz disse que superar a pandemia e as suas consequências dá aos novos membros do Governo uma "oportunidade excecional" para "colocar em pé uma Espanha melhor", de acordo com a agência espanhola de notícias.

O Partido Popular (PP) exigiu este sábado eleições depois de saber da remodelação: "Mudar os ‘fantoches’ não serve de nada ao governo de Sánchez se os independentistas continuarem a mover os ‘pauzinhos’", advertiu a porta-voz do PP no congresso que decorre em São Sebastião, Cuca Gamarra, durante a sua intervenção na Escola de Verão Miguel Ângel Blanco de Novas Gerações.

Os novos governantes vão tomar posse na segunda-feira, às 9:00 (8:00 em Lisboa), e reunir-se-ão pela primeira vez em Conselho de Ministros no dia seguinte.

(Notícia atualizada com mis informação)

Ver comentários
Saber mais Espanha Pedro Sánchez política
Outras Notícias